Zona sul concentra maioria dos alagamentos durante chuva nesta quarta em SP

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Durante a chuva do fim da tarde, a zona sul da capital paulista concentrou a maioria dos pontos de alagamento na cidade até por volta das 18h30 desta quarta-feira (17), segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), da Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (PSDB). Segundo o órgão, a região concentrava dez dos 14 pontos intransitáveis, por causa do grande volume d'água, sendo a Vila Mariana, com três pontos, a região com mais alagamentos. Os bombeiros haviam registrado, também até por volta das 18h30, a queda de 13 árvores, além de cinco O CGE emitiu estados de alerta para transbordamento de córregos na Penha (zona leste), além do Ipiranga e Campo Limpo, ambos na zona sul. Até a publicação desta reportagem, nenhum dos córregos havia transbordado nas referidas regiões. A tendência para esta quinta, ainda segundo a CGE, é de sol entre nuvens, com temperatura em elevação. Nos períodos da tarde e da noite, o calor pode gerar áreas de instabilidade, provocando pancadas de chuva, isoladamente, mas com forte intensidade e rajadas de vento, possibilitando pontos de alagamento. As temperaturas podem oscilar entre 20ºC na madrugada e 30ºC no início da tarde. Já na sexta-feira (19), a propagação de uma frente fria afastada sobre o oceano muda a direção dos ventos entre a tarde e a noite. Por conta disso, há potencial para chuvas isoladas com até moderada intensidade, porém de curta duração. Mínima de 19°C e máxima de 28°C.