Zinho critica anúncio de Yaya Touré por candidato do Vasco: "Jogadores não receberam em 2020"

Zinho trabalhou no Vasco, em 2016, no acesso do time à Série A do Brasileiro. Foto:Daniel Vorley/AGIF.

O candidato à presidência do Vasco, Luiz Roberto Leven Siano, anunciou um acordo com Yaya Touré, caso ele seja eleito na eleição deste ano. Num vídeo publicado nas redes sociais, o marfinense de 37 anos confirmou o acerto.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A informação foi comemorada por apoiadores de Leven Siano, mas criticada por muitos vascaínos, num momento em que o clube atravessa grave crise financeira.

Leia também:

O blog conversou com Zinho, comentarista do Fox Sports. O ex-jogador trabalhou como Auxiliar-Técnico de Jorginho, na comissão do Vasco, em 2016, e criticou o “barulho” em torno de Yaya Touré.

“Olha, difícil né. Primeiro, não sei como será a engenharia financeira. A notícia é que o Vasco não pagou nenhum salário de 2020 para os jogadores. É a notícia, não estou lá dentro. Como vai trazer o Yaya Touré? Quanto o cara vai ganhar? Ah, vai ser uma empresa que vai bancar isso...Não é melhor pegar essa empresa e administrar o clube, pagar as dívidas... Eu mesmo ainda não recebi, tudo que eu trabalhei lá. Então, é triste, mas ao mesmo tempo, se um candidato que ainda nem ganhou, espero que não esteja fazendo isso como campanha política, jogar para fazer pressão e aí ganhar. O torcedor do Vasco é bem inteligente e não vai cair neste conto. O que fizeram com o Vasco foi isso. Contrataram, contrataram, fazendo absurdos com contratos que não têm condições de cumprir e aí fica se endividando”, afirmou.

Zinho também falou sobre a gestão atual vascaína. “Não é melhor segurar o Tales Magno? Daqui a pouco, vai vender o moleque e traz o Yaya Touré ganhando quanto? Dois milhões por mês, 24 milhões no ano. Se fizer dois anos de contrato, 48 milhões mais os encargos trabalhistas. Aí o dinheiro que você tem com uma joia rara, gasta tudo com um jogador que virá por um momento, correndo o risco de não dar certo, mesmo que traga patrocínios. Eu acho perigoso”, concluiu.

Leven Siano é um dos cinco candidatos à presidência do Vasco, hoje comandado por Alexandre Campello. O elenco do Vasco não recebeu nenhum mês de salário, em 2020. Yaya Touré não joga há 203 dias.

Veja mais de Alexandre Praetzel no Yahoo Esportes

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.