Zilu segue em guerra com Zezé Di Camargo e tem imóvel penhorado

Zilu e Zezé vão brigar novamente na justiça após separação

Zilu Camargo segue em pé de guerra com o ex, Zezé Di Camargo, pela partilha de bens. Segundo o site da revista “Veja São Paulo”, ela teve o imóvel em que mora penhorado e entrou com uma ação no Foro de Santana de Parnaíba pedindo a anulação da partilha de bens, afirmando ter sofrido um golpe do sertanejo.

O advogado de Zilu, Marcelo Saraiva, explicou a situação à publicação. “Ele enganou minha cliente, disse que passava por graves apertos financeiros, mas esvaziou o patrimônio do casal ao tirar empresas de seu nome e a fez assumir uma companhia cheia de débitos”.

Leia também

Graciele Lacerda, atual mulher de Zezé, seria a atual administradora da fortuna dele, avaliada em R$ 57 milhões. O advogado acredita que Zilu teria direito a pelo menos R$ 15 milhões. Os dois se casaram com comunhão parcial de bens em 1982 e se divorciaram em 2014.

Na divisão, que ocorreu entre novembro de 2017 e abril do ano passado, Zilu recebeu R$ 3,8 milhões e uma pensão mensal de R$ 40 mil durante um ano. Passou também a ser acionista da Construmax, construtora que pertencia ao cantor, que de acordo com a revista sofre com inúmeras dívidas trabalhistas.

Na Justiça

A briga é tanta que, segundo a “Veja SP”, a 2ª Vara do Trabalho de Barueri penhorou o imóvel onde Zilu mora, avaliado em cerca de R$ 3 milhões, o que teria abalado a família. “Ela vive de permutas de seu blog, e sua situação financeira é a pior possível”, confessou o advogado.

Seus filhos Wanessa, Camilla Camargo e Igor têm conversado com a mãe e foram envolvidos no processo, pois teriam sido “iludidos”. Porém os três, de acordo com o site, acreditam que o pai “é um homem justo e jamais faria algo tão baixo”.

“São totalmente descabidas e mentirosas essas alegações de ter sofrido golpe, pressão e coação ou de Zezé ter ‘esvaziado’ seu patrimônio”, disse Cesar Miano, advogado que representou o ex-casal na partilha, à publicação. “Foram atendidas todas as exigências dela, fato que será provado por meio de documentos que serão juntados ao processo”, completa.