Zezé resgata hino gospel contra coronavírus, e compositor celebra: "Imunidade aumentará"

Compositor Waldecy Aguiar festeja homenagem de Zezé di Camargo (Foto: Divulgação)

Por Paulo Pacheco (@ppacheco1)

Em meio ao temor pelo avanço do novo coronavírus, Zezé Di Camargo resgatou uma música lançada com o irmão, Luciano, para tranquilizar seus seguidores. ‘Vai Dar Tudo Certo', gravada em 2005, traz uma mensagem de positividade, fé e esperança. O que poucos sabem é que a canção de tom religioso nasceu como um hino gospel, composta pelo cantor Waldecy Aguiar, que decidiu regravá-la durante a quarentena forçada pela covid-19.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Waldecy Aguiar se mostrou feliz por Zezé ter recordado a música, que na época não foi trabalhada nas rádios. O cantor gospel diz que relançou a música não por causa do novo coronavírus, mas o momento pedia uma mensagem de paz.

Leia também

"Neste momento difícil para o mundo e especialmente para nós brasileiros, resolvi relançar 'Vai Dar Tudo Certo' com novo arranjo. Não estou com medo do coronavírus. Creio que Deus me moveu pra regravar assim como também moveu o Zezé para comentar e colocar o hino no Instagram dele", analisa o compositor.

Waldecy Aguiar, que já compôs para Mara Maravilha, Frank Aguiar, Waguinho e Agnaldo Timóteo, escreveu "Vai Dar Tudo Certo" em 1989, quando nasceu sua filha, Priscilla. A música ganhou diversas regravações, inclusive de um padre, para alegria do cantor evangélico. Além das orações e do hino gospel, o artista pernambucano se previne contra o coronavírus isolado em casa ao lado da mulher, da filha e do neto recém-nascido.

"Precisamos ouvir e seguir orientações das autoridades constituídas para evitar o pior neste momento. Convido a todos e espero formar um coral de milhões de vozes cantando 'Vai Dar Tudo Certo'. A imunidade dessas pessoas vai aumentar pode ter certeza. Venceremos o coronavírus em nome de Jesus", mentaliza.

Sequestro aproximou Zezé e compositor

"Vai Dar Tudo Certo" parou nas mãos de Zezé Di Camargo antes de integrar seu repertório. E em uma das fases mais delicadas da família. O sertanejo cantava o hino gospel como um mantra pelo fim do sequestro irmão, Wellington Camargo, em 1999.

"Quando o Welington foi sequestrado, a mãe, Helena, e o próprio Zezé cantavam como uma oração. E deu certo, Welington foi libertado e me pediu para gravar o hino 'De Coração Pra Coração'. O Zezé pediu para gravar 'Vai Dar Tudo Certo e eu autorizei os dois. Este hino vem fazendo parte da vida deles. Agora há pouco, Seu Francisco [pai de Zezé] estava entre a vida e a morte, e com certeza eles cantaram bastante e oraram 'vai dar tudo certo', e mais uma vez deu certo soube que ele já está em casa", comemora Waldecy Aguiar.

Com Zezé e Luciano, "Vai Dar Tudo Certo" teve parte da letra alterada para soar menos gospel, porém mantendo a mensagem positiva. "E oramos a Deus", por exemplo, virou "E pedimos a Deus", o que não incomodou Waldecy.

"Quanto a mudança que, foi apenas um sinônimo. Orar a Deus significa pedir a Deus, por isso não me incomodou. Com certeza traz fé e paz a todos que ouvem na minha voz ou na do Zezé, ou até mesmo de outros como Agnaldo Timóteo, Frank Aguiar e vários que gravaram e ainda vão gravar", afirma.