Zelensky desabafa sobre filhos em meio à guerra: 'Sentem medo, como todas as crianças'

Volodymyr Zelensky credit:Bang Showbiz
Volodymyr Zelensky credit:Bang Showbiz

Volodymyr Zelensky fez um desabafo sobre a situação de seus dois filhos desde o início da guerra na Ucrânia.

Em entrevista exclusiva concedida à jornalista Raquel Krähenbühl para o 'Fantástico', o líder ucraniano relatou que seus filhos, Oleksandra, 17, e Kyrylo, 9 - frutos de seu casamento com Olena Zelenska -, continuam morando no país desde a invasão russa comandada por Vladimir Putin.

"Eles são fortes, muito fortes. Eles moram na Ucrânia, amam a Ucrânia e, é claro, sentem medo, como todas as crianças. Mas eu acho que eles sabem que o que estamos fazendo é muito importante", afirmou o chefe de Estado.

Recentemente, a primeira-dama da Ucrânia declarou que a invasão ao seu país "roubou a infância" de seu filho, e que o menino de nove anos agora sonha em ser soldado quando for mais velho.

Em entrevista à 'NBC News', Olena Zelenska acrescentou que Kyrylo perdeu o interesse nas atividades que gostava antes do início da guerra, em fevereiro deste ano.

Quando perguntada sobre o que o menino quer ser quando crescer, Zelenska disse: "Obviamente, ele quer ser soldado. Antes da guerra, meu filho costumava ir a um grupo de dança folclórica. Ele tocava piano. Ele estudava inglês. Ele, claro, frequentava o clube esportivo. Agora, ele só quer aprender sobre artes marciais e sobre como usar um rifle", lamentou a esposa do líder ucraniano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos