Zeca Pagodinho vai sair do Brasil por causa das eleições? Cantor abre o jogo

***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 16.09.2019 - Retrato do cantor Zeca Pagodinho. (Foto: Zô Guimarães/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 16.09.2019 - Retrato do cantor Zeca Pagodinho. (Foto: Zô Guimarães/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Zeca Pagodinho diz que não sairia do Brasil por causa do resultado das eleições. O cantor, que deu entrevista nesta terça-feira (8) ao podcast Quem Pode, Pod, comandado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme, afirmou que é invenção que ele se mudaria do país a depender de quem ganhasse as eleições.

"Falando em fake news, as pessoas 'apurrinham' muito a gente com isso, né? A moça no salão me perguntou se eu iria embora caso fulano ganhasse. Eu perguntei: 'Quem disse isso?'. Ela: 'Você falou'. Eu falei? Que gente chata. Eu não me meto em eleição nem em futebol. Eu só gosto de música", disse o cantor no podcast.

Apesar disso, o carioca deu a entender que poderia sair do Brasil em entrevista dada a este jornal em abril. "Eu não quero ir embora daqui, mas, do jeito que está, eu penso em ir embora", afirmou no intervalo de seu show no Camarote Bar Brahma, no Sambódromo do Anhembi, em São Paulo.

Em março deste ano, Zeca se reuniu com Lula, do PT, e um grupo de artistas no Rio de Janeiro. Na ocasião, foram entoados gritos de "olê, olê, olê, olá, Lula, Lula".

No podcast de Ewbank e Paes Leme, o cantor falou também sobre sua paixão por cerveja e pelo Jogo do Bicho, além de comentar sobre seus memes nas redes sociais.