Zeca Pagodinho estreia 'look' de inverno com gorro, roupão, meia e chinelo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 22.02.2020 - Cantor e compositor Zeca Pagodinho no camarim do camarote do Bar Brahma, durante o Carnaval de São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 22.02.2020 - Cantor e compositor Zeca Pagodinho no camarim do camarote do Bar Brahma, durante o Carnaval de São Paulo. (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O dia nublado e com temperatura entre 19º e 27º no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (12) levou Zeca Pagodinho, 63, a antecipar o figurino para o inverno 2022, que só começa no dia 21 de junho: gorro, roupão, meia e chinelo.

"Outro inverno, outro look, mas a canjica e a elegância continuam as mesmas", disse o sambista nas redes sociais. Sob o título "alerta tendência", ele gravou um vídeo em seu apartamento, em frente à praia, na Barra da Tijuca, com uma tigela de canjica na mão.

Os "looks" de Pagodinho para enfrentar o inverno fazem sucesso desde 2020, quando ele também apareceu usando gorro, roupão e meia com chinelo de dedo. "E ou nao e puro estilo fashion?", perguntou.

Nesta quinta até a Prefeitura do Rio interagiu com a postagem bem-humorado do cantor e compositor. "O cara que sabe das coisas", escreveu o perfil da prefeitura no Instagram. "O céu de repente anuviou e o vento agitou as ondas do mar...", completou, citando a música "Quando a Gira Girou", conhecida na interpretação de Zeca.

Famosos comentaram o estilo do figurino e a canjica do sambista. "Me aguarde aí semana que vem", disse a empresária Flora Gil. "Sempre abafando", comentou o cantor e compositor Paulo Miklos. "Elegância pura", disse o cantor Evandro Mesquita.

Zeca foi confirmado como tema do enredo da Grande Rio para 2023. Fazem parte de sua lista de "vontades" a distribuição de cerveja para a plateia e uma alegoria gigante de São Jorge.

A Grande Rio informou que a ideia da homenagem a Zeca partiu dos carnavalescos Gabriel Haddad e Leonardo Bora e que a escola vai reverenciar o universo musical de um artista cuja obra é "um olhar para os subúrbios, a 'velha Baixada', as festas de rua e a religiosidade popular".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos