Youtube explica motivo de retirar lives de sertanejos do ar. Entenda!

Patrick Monteiro
·2 minuto de leitura
Wesley Safadão fez live com mais de 10 horas de duração (reprodução/Instagram @wesleysadafadao)
Wesley Safadão fez live com mais de 10 horas de duração (reprodução/Instagram @wesleysadafadao)

O Youtube tem sido alvo de vários cantores sertanejos, principalmente os que tem milhares de visualizações e muitas marcas envolvidas em suas transmissões que duram horas. Sandy e Junior, Raça Negra, Belo, Thiaguinho, Maiara e Maraísa, Ludmilla, Simone e Simaria e Felipe Araújo tem lives nesta semana.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

O Youtube tem regras claras, que ficam disponíveis na parte de ajuda do canal, sobre as transmissões ao vivo. Essas normas foram relembradas à gravadoras e editoras musicais após a recente onda de transmissões de artistas em uma reunião na última semana. A parceria entre plataforma e empresas da música existe desde 2007.

Leia também

Entre as normas do serviço estão a proteção de direitos autorais, que são automaticamente detectadas pelos robôs do Google e avisadas aos proprietários dos direitos autorais. Após o aviso, o respectivo detentor do conteúdo pode optar em tirar do ar, ou não, um vídeo não autorizado.

Caso o conteúdo seja marcado e sua veiculação suspensa, o dono do canal recebe uma notificação, ou ‘strike’. Com três marcações o canal é deletado da plataforma, independente de quantos inscritos ou visualizações reunir, de forma automática.

Outro ponto que chamou a atenção do serviço de vídeos é a inserção de publicidade nas transmissões. As normas proíbem que seja inserido propaganda nas mesmas formas do Youtube, como em banners na parte de baixo da tela ou anúncios que interrompem a tela de transmissão.

As regras não proíbem, por exemplo, propagandas em outros lugares fixos nos vídeos, banners de fundo e até a citação de serviços e empresas patrocinadoras.

Por conta da espontaneidade dos cantores, que normalmente não conhecem essas regras, as lives precisam de algum tipo de edição antes de serem disponibilizadas para o público geral nos canais dos artistas.