“Vai estar 100% com certeza”, avisa Yasmin Brunet sobre Gabriel Medina em Tóquio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Yasmin Brunet está confiante com desempenho de Gabriel Medina na Olimpíadas (reprodução / instagram @yasminbrunet)
Yasmin Brunet está confiante com desempenho de Gabriel Medina na Olimpíadas (reprodução / instagram @yasminbrunet)

Yasmin Brunet está confiante no excelente resultado do marido, o surfista Gabriel Medina, nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Ele é uma das apostas brasileiras para aumentar o quadro de medalhas de ouro na competição que, pela primeira vez, tem o surf como esporte.

“Vou dar todo o suporte que ele precisa, estar disponível para ele conversar, em qualquer dificuldade que ele tiver, estar aqui. Tentar estar o mais próximo possível. [Ele] Vai estar 100%, com certeza, absoluta”, disse a modelo em entrevista ao UOL no embarque do marido.

Leia também:

O imbróglio entre Gabriel Medina x Comitê Olímpico Brasileiro x Yasmin Brunet vem se estendendo há algumas semanas após a mulher do surfista ser vetada no credenciamento para Tóquio por não fazer parte da comissão técnica do atleta. O casal alegou ser perseguido pelo COB, já que outros atletas irão levar seus cônjuges, que são oficialmente treinadores.

Ela ainda falou sobre a mudança alimentar dele, que se tornou vegana como ela desde o início da relação deles em 2020. “Quando ele parou de comer carne, comentou como é martelado na cabeça das pessoas a questão da necessidade dessa proteína e tudo mais. Ficou preocupado porque acreditava que achava precisar dessa proteína animal. Comentei que ia ficar tudo certo, que ele poderia relaxar, e depois sem carne, ele comentou que nunca se sentiu tão bem, leve e disposto. Geralmente ele comia e ficava cansado, demorava tempo para o organismo processar. Ao que que ele me relata está tudo incrível”, explicou.

Yasmin não come carne é mais de 10 anos e é defensora da causa animal. “No início até tentava impor isso de uma certa forma às pessoas, mas percebi que isso só afastava as pessoas de alguma forma. Assim como religião e qualquer coisa imposta. E isso foi uma curiosidade dele, quando via que eu não comia carne”, concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos