Yasmin Brunet responde ataques da mãe de Medina: "Eu e o Gabriel estamos cansados"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
A modelo pede respeito e diz estar cansada sobre a espetacularização de sua vida
A modelo pede respeito e diz estar cansada sobre a espetacularização de sua vida

Diante de toda repercussão envolvendo seu nome, Yasmin Brunet veio a público, por meio das redes sociais, pedir respeito a sua vida pessoal e ao seu relacionamento com Gabriel Medina. 

“Em respeito aos meus fãs e do Gabriel, eu quero me manifestar sobre algumas notícias que saíram essa semana. Uma delas diz que existiria um vídeo íntimo meu em posse de uma familiar do meu marido”, começa.

“Essa informação não procede. Não existe tal material. E nunca existiu. No entanto, eu preciso ressaltar que, mesmo que existisse, é lamentável querer diminuir uma mulher por exercer sua sexualidade. Lutamos para sermos livres, para fazer o que quisermos, para ocupar lugares que nos foram negados por anos e mais anos... Para sermos donas de nossos corpos e desejos”, declarou Yasmin, que recebeu apoio de vários famosos nas redes sociais, e de sua mãe, Luiza Brunet, que também comentou a publicação. "Yasmin assim se responde com responsabilidade e respeito.”

Simone Medina, mãe de Gabriel Medina, teria atacado a nora sobre um suposto vídeo em que ela aparece fazendo sexo oral em outro homem. A notícia foi publicada pelo jornalista Leo Dias no jornal "Metrópoles".

De acordo com o colunista, a modelo ao saber da notícia, teria decidido processar a sogra. Em apoio a filha, Luiza também se pronunciou sobre o assunto. “Repudio este tipo de comportamento lamentável da Sra. Simone. É muito triste. Meu advogado está tomando as medidas cabíveis”, disse a empresária e modelo.

Leia também:

Ainda em nota, a modelo defendeu o empoderamento feminino e falou que não teria motivos para se envergonhar, e ressaltou a importância da liberdade sexual. “Não compactuo com o machismo. Assim como a minha vida também não tem espaço para homofobia. Uma outra mentira criada para me atacar seria sobre um suposto relacionamento homoafetivo. Como se viver um amor fosse algo que me ofenderia... E me entristece esse tipo de atitude nos dias de hoje. Eu prezo pelo respeito às mulheres e por todos aqueles que vivem seus amores”, contou.

Yasmin citou o cansaço com a "espetacularização" que cerca a vida do casal. Ainda citou a importância da luta contra homofobia. “E para acabar também com essas especulações e criações, que são uma tentativa lastimável de tentar atacar a minha honra. Com ou sem vídeo, com ou sem um relacionamento homoafetivo, eu, todas as mulheres e todos os LGBTQIA+ merecemos respeito”.

Entenda o caso

O casal Gabriel e Yasmin começaram a namorar em março de 2020, e a relação com a família do surfista teria ficado estremecida a partir daí. Mas foi após o casamento em janeiro de 2021, que o atleta rompeu definitivamente com a família, e Charles Saldanha, padrasto do atleta, deixou de ser seu treinador. Na época Simone, mãe do surfista, disse que a nora era controladora, e o atleta estava perdendo o contato com a família, especialmente com a irmã mais nova, Sophia, que também é surfista.

Em setembro deste ano, após redução de repasse mensal de Medina para a mãe e o padrasto, a briga foi parar na Justiça. A solução foi resolvida em comum acordo quando Gabriel decidiu comprar a parte pertencente aos pais da SGM Esportes. Empresa que foi criada por Simone e Charles para administrar a carreira do filho. O Instituto Gabriel Medina, na Praia de Maresias, em São Sebastião (SP), também foi afetado, e Simone fechou as portas e colocou o prédio à venda.

Nos últimos dias, a confusão aumentou após vazarem para a imprensa uma conversa entre Simone e Gabriel, em que ela ataca Yasmin, e faz ofensas sobre um suposto vídeo. Além de fazer comparações com uma atriz de filme pornô, aborto e relacionamento homossexual na suposta mensagem. Na conversa, assim como Yasmin, Luiza Brunet também foi atacada. Mãe e filha já avisaram que irão processar Simone por difamação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos