Xuxa Meneguel nega depilação total: 'Junno gosta dos meus pelinhos dourados'

Xuxa Meneghel (Foto: Reprodução / Instagram @xuxamenegheloficial)

Em uma fase desapegada como bem pontuou, Xuxa Meneghel, 56, revelou que não é adepta da  depilação total em entrevista à revista ‘Glamour’.

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

“Gosto de depilar axilas, virilha e arredores por higiene. Acho mais fácil de cuidar. Não depilo as coxas, pois o Ju (Junno Andrade) gosta dos meus pelinhos dourados“, entregou a apresentadora. 

Ainda em entrevista para a publicação, Xuxa conta que está em um processo de se tornar vegana.

Leia Mais: Xuxa desabafa: ‘Estou velha e as pessoas precisam conviver com minha opinião’

“Ainda não sou totalmente vegana, mas minha alimentação é. Eu não como carne vermelha desde os 13 anos de idade, frango desde os 25 anos e só comia peixe duas vezes por semana. Até o queijo sem lactose estava me fazendo mal. Já estava quase parando tudo quando vi os documentários Terráqueos e What the health.”

“Descobri que a proteína não vem do bicho e sim do verde, que existe uma máfia horrível na agropecuária e indústria farmacêutica, que nós seres humanos somos os únicos que dizemos que amamos os bichos, mas os comemos sem necessidade. A energia da morte e do sofrimento é muito grande. A falta de informação sobre o que vem na carne que vai paro nosso prato é enorme. Depois que entendi isso apenas parei e me sinto muito bem”, contou ela. 

Ela completa falando sobre com Sasha encara o veganismo.

” Minha filha acredita muito que somos energia pura e deixou de comer carne e laticínios, pois não quer mais esta energia pesada na vida dela também. Queria muito que as pessoas se informassem e se depois decidirem continuar comendo carne tudo bem, mas  elas precisam saber tudo que se passa nos matadouros. Os hormônios e venenos que são dados pros animais antes de chegarem nos nossos pratos, por exemplo. Acho que com a informação fácil que temos hoje em dia é muito absurdo repetir coisas como: “Não sou eu que mato, é a cadeia alimentar”, ”Deus fez os bichos pra nos alimentarem”.

Assista a seguir: