Acusada de usar Szafir para "militar", Xuxa rebate seguidora: "Feia, mal comida e escrota"

·2 minuto de leitura
Xuxa Meneghel. Foto: reprodução/Instagram/xuxamenegheloficial
Xuxa Meneghel. Foto: reprodução/Instagram/xuxamenegheloficial

Resumo da notícia

  • Xuxa rebateu seguidora que a acusou de usar Luciano Szafir para "militar" nas redes sociais

  • Apresentadora havia feito post para pedir orações pelo ex, internado com Covid-19

  • Ela chamou autora do comentário de "feia, mal comida e escrota"

Xuxa Meneghel, que usou suas redes sociais para desabafar sobre o estado de saúde de Luciano Szafir, internado com Covid-19, foi acusada por uma seguidora de usar a imagem do ex para "militar". A apresentadora não aceitou o desaforo e subiu o tom na resposta, chamando a autora do comentário de "feia, mal comida e escrota".

Na publicação feita no Instagram na noite da última quinta-feira (8), Xuxa pedia orações pelo pai de sua filha, Sasha, e responsabilizava o governo de Jair Bolsonaro pela demora na imunização da população. "A vacina demorou… 52 anos o Lu tem, já podia estar vacinado (duplamente) se o nosso governo não estivesse preocupado em ganhar um dólar por vacina e dizendo não a Pfizer e outras (mandando comprar vacina na casa da mãe)", escreveu.

Leia também

O comentário ofensivo surgiu em resposta à reação de Sasha, que deixou vários emojis de coração no post da mãe. "Olha a tua mãe usando o teu pai para militar", disparou a seguidora.

Irritada, Xuxa rebateu: "Já mandei você passear, não é? Nem existe, é fake. Se esconde atrás de uma página fake. Deve ser feia, mal comida... e escrota ainda".

Hospitalizado desde 22 de junho, Luciano Szafir, de 52 anos, recupera-se bem, segundo a equipe médica responsável por seu tratamento. O ator precisou ser submetido a uma cirurgia de emergência na última quarta-feira (7), após a identificação de um coágulo sanguíneo no abdome e uma embolia pulmonar. Na quinta (8), ele foi transferido do hospital Samaritano, na Barra da Tijuca, para o hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos