Xuxa estreia reality e enfrenta problema na voz: 'Não vai voltar ao que era'

Reprodução/Instagram

Por Leandro Lima

Com quase quarenta anos de carreira, entre Manchete, Globo, além da carreira internacional e a trajetória como modelo, Xuxa Meneghel, 55, encara mais dois desafios em sua carreira: lidar com o desgate de sua voz e a rouquidão que isso provoca, além de comandar mais um reality show musical da TV brasileira, o “The Four”, que estreou na última quarta-feira (6).

Receba no seu Whatsapp as novidades sobre o mundo dos famosos (e muito mais)

Diferente do que foi noticiado, a artista afirma que comandar a reality não foi um pedido seu.“Essa é uma coisa nova pra mim, um programa musical diferente dos outros que existem”, avaliou a estrela sobre o formato da israelense Armoza, com produção da Endemol Shine Brasil. “A filha do Junno [namorado de Xuxa] que me falou sobre ele e eu gostei.” Além de revelar mais um talento nacional, o reality também oferece R$ 300 mil como prêmio e conta com três jurados: Aline Wirley (ex-Rouge), João Marcello Bôscoli e Leo Chaves.

Em vez de promover eliminatórias e só no final revelar os finalistas, o reality apresenta quatro pré-finalistas que são desafiados por outros candidatos ao longo do programa e assim cada um vai tentando se manter na grande final. Essa é a primeira vez que Xuxa grava um programa em São Paulo. Sua base sempre foi o Rio de Janeiro, onde mora.

Leia mais: Xuxa sobre ditadura da beleza: ‘Envelhecer em frente das câmeras não é fácil’

Além da trajetória profissional no Brasil, Xuxa é um fenômeno também na Argentina. E por lá seu planos estão sendo traçados, inclusive, na televisão. “Tenho um show lá ainda neste ano com algumas adaptações [telão, músicas]. Além de um programa, ‘The Wall’, os executivos estão na dúvida para saber como a minha imagem casa com e para qual público — criança, adolescente, família. Estou apresentando o ‘The Four’ para me firmar”.

Problemas com a voz

Em 2014, Xuxa enfrentou problemas envolvendo um de seus pés, por conta do uso excessivo de salto ela desenvolveu uma inflamação, usou bota, fez cirurgia, repouso e fisioterapia, mas agora, é sua voz que vem apresentando desgastes — por isso o áudio tão baixo na estreia. “Usei a minha voz esse tempo todo e não aqueci antes de entrar no palco. É um calo normal nas cordas vocais”, explica.

Para amenizar os efeitos, Xuxa já está em tratamento e contando com o auxilio de uma fonoaudióloga. “Tenho que trabalhar nisso, mas isso não quer dizer que vou voltar a ter a voz que tinha aos 20 anos, até por causa da minha idade e pelo esforço que fiz sem me cuidar durante todo esse tempo. Se eu tirar férias de 20 ou 30 dias, a voz voltará a ficar rouca”.

No youtuber também

Se adequando a linguagem digital, a apresentadora se rendeu ao YouTube e em breve irá lançar “Playplus o Conexão Xuxa”. A atração criada por ela conta com o apoio de alguma crianças para resolverem, na visão delas, os problemas dos adultos.

“Estou muito longe de chegar ao patamar dos youtubers. Preciso aprender muito. Minha linguagem é muito de TV. Faço o ‘Playplus’ como se fosse TV. Se eles [youtubers] tentassem fazer o que faço, não iriam conseguir”, diz a rainha dos baixinhos sobre a adaptação.