Xbox: Governo britânico diz que aquisição da Activision Blizzard é complexa e estende investigação

A CMA (sigla inglesa para Autoridade de Competições e Mercados do Reino Unido) estendeu a investigação sobre a aquisição da Activision Blizzard pelo Xbox devido à complexidade do caso.

Conforme relatado pelo GI.biz, a CMA anunciou uma extensão de até oito semanas enquanto processa a imensa quantidade de evidências, bem como as longas respostas da Sony, da Microsoft e do público.

A data final de envio do relatório, que julgará se a aquisição da Activision Blizzard pelo Xbox é negativa ou não para a indústria, agora é 26 de abril em vez de 1º de março. A CMA observa, no entanto, que o processo será concluído o mais rápido possível e pode até chegar antes do prazo de abril.

 

A CMA disse: "Ao tomar esta decisão, o grupo de inquérito teve em conta o âmbito e a complexidade da investigação e a necessidade de considerar um grande volume de provas, bem como as alegações das partes principais e de terceiros, a necessidade de permitir tempo suficiente para levar em consideração os comentários que serão recebidos em resposta às conclusões provisórias do Grupo de Inquérito no devido tempo, e chegar a uma decisão final totalmente fundamentada no prazo legal."

A investigação da CMA começou em julho e passou por várias camadas de questionamentos, que levaram Microsoft e Sony a comentarem os efeitos do acordo.

Respondendo às preocupações levantadas no início de outubro, a Microsoft disse essencialmente que a PlayStation é grande demais para falhar, mesmo que adquirisse esses games. ...

Xbox: Governo britânico diz que aquisição da Activision Blizzard é complexa e estende investigação
Leia Mais

Vampire Survivors: Devs adiantaram versão mobile para evitar cópias
One Piece Odyssey: Demo do game ganha data de lançamento e novo trailer
Hades II estará disponível em português do Brasil