Xbox: Google e Nvidia se juntam à Sony contra aquisição da Activision Blizzard

O Google e a Nvidia se juntaram à Sony para levantar questionamentos à Comissão Federal de Comércio (FTC) sobre a compra planejada da Activision Blizzard pela Microsoft por US$ 69 bilhões, de acordo com um relatório da Bloomberg.

As duas empresas afirmam que, ao adquirir a Activision Blizzard, a Microsoft ganharia uma vantagem injusta nos mercados de nuvem, assinatura e jogos para dispositivos móveis. Dito isso, uma fonte disse à Bloomberg que a Nvidia pelo menos não se opõe totalmente à compra, mas deixa claro a importância do acesso igualitário aos títulos dos jogos.

O relatório não detalha as outras preocupações específicas de nenhuma das empresas. Vale lembrar que a Microsoft atualmente é concorrente em jogos em nuvem da Nvidia (GeForce Now), já que o Stadia, do Google, morreu no ano passado. Nos jogos para celular, porém, a Microsoft tem pouca presença.

Na verdade, o chefe do Xbox, Phil Spencer, sinalizou anteriormente que a divisão mobile King, da Activision Blizzard, seria um dos grandes fatores da aquisição planejada, e os registros relacionados ao acordo revelaram que a Microsoft deseja usar a King para criar uma nova "plataforma mobile xbox".

A Nvidia e o Google se juntam à Sony como grandes empresas que apresentam questões aos órgãos governamentais sobre a compra, embora com base no tom, essas duas últimas sejam notavelmente mais brandas sobre o assunto.

No ano passado, a FTC anunciou que abriria um processo para bloquear a tentativa de aquisição da Microso...

Xbox: Google e Nvidia se juntam à Sony contra aquisição da Activision Blizzard
Leia Mais

Xbox: Confirmada duração do Developers_Direct, novo evento da marca
Xbox: Audiências finais sobre aquisição da Activision Blizzard já tem data para acontecer, com possibilidade de adiamento
Xbox: Rumor indica evento focado em exclusivos para o fim de janeiro