Xanddy anuncia saída do Harmonia do Samba e carreira solo

***ARQUIVO***SALVADOR, BA, 04.02.2016: CARNAVAL-BA - O vocalista Xanddy, do Harmonia do Samba, e a esposa, a dançarina Carla Perez, no camarote do carnaval de Salvador. (Foto: Raul Spinassé/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1602050616028410
***ARQUIVO***SALVADOR, BA, 04.02.2016: CARNAVAL-BA - O vocalista Xanddy, do Harmonia do Samba, e a esposa, a dançarina Carla Perez, no camarote do carnaval de Salvador. (Foto: Raul Spinassé/Folhapress) ORG XMIT: AGEN1602050616028410

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cantor Xanddy, 43, anunciou nesta quarta-feira (14) que, a partir de outubro, deixará o grupo Harmonia do Samba e seguirá carreira solo. Ele passa a adotar o nome Xanddy do Harmonia e manterá a banda e a equipe ao seu lado.

"Deixo claro que este não é o fim, mas sim o início de um novo ciclo para todos nós", disse em comunicado publicado nas redes sociais.

O artista não deu detalhes sobre a mudança. Segundo ele, diversas razões tornaram algumas decisões necessárias, entre elas a mudança em relação ao grupo, que definiu como estratégica.

"A decisão para essa mudança foi muito pensada, amadurecida e tomada em conjunto. Esse é um novo momento para todos nós", afirmou.

Xanddy não explicou se o grupo continua com outra formação ou deixará de existir. Disse, no entanto, que o Harmonia do Samba continuará vivo nele e que a história da banda será resguardada.

"Quem é Harmonia do Samba jamais deixará de ser. Eu sou Harmonia forever", afirmou. Xanddy prometeu não deixar o legado da banda ser esquecido.

Ainda segundo o artista, todos os compromissos assumidos como Harmonia do Samba serão cumpridos até o dia 1º de outubro.

Xanddy é vocalista do grupo desde 1998, quando tinha 19 anos. Nascido em Salvador, o cantor começou a carreira artística na adolescência e já foi cantor do grupo de pagode Gente da Gente.

Há quase dez anos ele mora entre o Brasil e Orlando, nos Estados Unidos, com a mulher, a apresentadora e ex-dançarina Carla Perez, 44, e os filhos Camilly Victória, 20, e Victor Alexandre, 18.