Willian não pensa em voltar ao Brasil e quer ficar num grande inglês ou outro europeu

Willian, num dos jogos pela Seleção Brasileira. Foto: Mauro Horita/AGIF

Um dos jogadores brasileiros com sucesso na Europa é Willian. O atacante revelado pelo Corinthians está completando 13 anos de futebol europeu e é o atleta brasileiro que mais vezes vestiu a camisa do Chelsea.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Em fim de contrato com o clube inglês, Willian avaliou, em entrevista exclusiva ao blog, como ficará seu futuro próximo, com a ideia de permanecer na Europa. Confiram o papo exclusivo.

Leia também:

Como o Chelsea orienta vocês neste período sem futebol?

O contato é via whatsapp ou telefone. Temos um chat no telefone, onde recebemos todas as informações do clube, o que temos que fazer. Isso é diário, com planos de treinos para não ficarmos parados.

Você acha que a bola volta a rolar em junho, na Inglaterra?

Isso é difícil falar. Realmente, a gente não sabe o que pode acontecer. Acho que vai depender se a situação estiver controlada. Aí haverá grandes chances do campeonato voltar. Se piorar, será muito difícil. Temos que pensar não só nos torcedores, mas na saúde dos atletas, que podem ser contaminados durante o contato físico. Nos treinos, estaremos com os companheiros, funcionários, então a gente tem que pensar nisso porque o mais importante é a saúde de todas as pessoas. Se acontecer o fim da Premier League sem jogar, o Liverpool tem que ser o campeão pelo o que eles fizeram na temporada.

A campanha do Liverpool é algo histórico e fora da curva?

Sem dúvida, principalmente quando se trata de Premier League. A gente sabe o histórico dos campeonatos bem acirrados e disputados. Liverpool está jogando muito bem, com 22 pontos de diferença sobre o Manchester City, é algo espetacular.

Você pretende voltar a jogar no Brasil?

Penso muito no bem estar da minha família. Brasil é a nossa casa, nossa cultura, mas eu me adaptei bem morando fora. Londres é um lugar espetacular, a família também gosta. Quando eu parar de jogar, é bem provável que eu more em Londres, pelo fato de também ser cidadão britânico agora, recebendo o passaporte do país.

Você pode ir para outro clube como Arsenal, Tottenham, Barcelona?

Só especulação. Sou amigo do Edu Gaspar(gerente do Arsenal), às vezes tomamos um café em Londres, mas não tem nada. Estou esperando. Minha situação com o Chelsea está bem difícil, o clube quer renovar por dois anos e eu vou pedir três. A negociação parou por aí. Em fim de contrato, clubes devem aparecer com alguma coisa. Sobre o Barcelona, houve uma oferta no início de 2018, mas o Chelsea não quis me negociar. Só especulação também. Pretendo ficar num clube grande da Europa ou da Inglaterra.

Você pensa em voltar ao Corinthians, um dia?

É uma pergunta difícil e vou continuar respondendo por muito tempo. No momento, não penso em voltar. Meu objetivo é permanecer na Europa, creio que tenho mercado por lá. Mas a gente nunca sabe o futuro. As vezes, a gente faz planejamento direito e as coisas acontecem de outro jeito. Agora, meu pensamento é ficar na Europa.

Dá para virar os 3 a 0 sofridos para o Bayern, nas oitavas da Champions League?

Difícil. O que eu vi do Bayern no jogo de ida, é candidato a chegar na final. Time encaixado, taticamente perfeito, entrosado, que tem chances de chegar. O segundo jogo será complicado, mas vamos acreditar pelo futebol até o final(O jogo será de portões fechados para a torcida).

Aos 31 anos, Willian completou 329 jogos pelo Chelsea em oito temporadas, com 65% de aproveitamento dos pontos disputados e cinco títulos conquistados. Seu contrato termina em junho, mas deve ser prorrogado por mais três meses, por determinação da Fifa, em meio à pandemia.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.