William Bonner se desculpa por usar termo 'esquizofrenia' de forma pejorativa

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - O jornalista William Bonner, apresentador do Jornal Nacional (Globo). (Foto: Avener Prado/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP - O jornalista William Bonner, apresentador do Jornal Nacional (Globo). (Foto: Avener Prado/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O jornalista William Bonner, 58, pediu desculpas durante o Jornal Nacional (Globo) da última terça-feira (8) por ter usado de forma equivocada o termo "esquizofrenia" como sinônimo de confusão. No ar, disse que foi ignorante.

"Alguns dias atrás, no domingo do segundo turno da eleição, eu, por ignorância, usei a palavra esquizofrenia como se fosse sinônimo para uma explicação confusa que eu tentei fazer", começou.

"Felizmente, eu fui alertado para o erro. Essa reportagem é uma forma de me retratar pelo meu erro pessoal e também a nossa maneira de ajudar a combater a falta de informação", emendou o jornalista após uma reportagem sobre pessoas esquizofrênicas ir ao ar.

A fala aconteceu durante a apuração das eleições no dia 30 de outubro. Ele havia se confundido com a projeção da pesquisa Datafolha em um dos estados para governador e fez a justificativa considerada capacitista.

"Não é que minha esquizofrenia tenha chegado a esse ponto. Me disseram uma coisa no ponto [eletrônico], que tínhamos uma informação nova", disse ele na ocasião.