Will Smith quase perdeu papel em "Independence Day" por racismo

·2 minuto de leitura
Will Smith e Jeff Goldblum em cena de
Will Smith e Jeff Goldblum em cena de "Independence Day" (reprodução)

Resumo da notícia:

  • Will Smith quase perdeu o papel de Capitão Steven Hiller em "Independence Day" (1996) por racismo

  • Em nova entrevista, diretor e roteirista da ficção científica revelaram que o estúdio não queria o astro no filme por ele ser negro

  • "Eles disseram, ‘se vocês escolherem um cara negro para esse papel vocês vão matar a bilheteria internacional'", relembrou Dean Devlin

Will Smith quase perdeu o papel de Capitão Steven Hiller em "Independence Day" (1996) por ser negro. Em entrevista especial sobre os 25 anos do filme ao Hollywood Reporter, o diretor Roland Emmerich e o roteirista Dean Devlin revelaram o caso de racismo envolvendo o astro de cinema e os executivos dos estúdios Fox.

Segundo Emmerich, ele e Devlin tinham certeza desde o início que queriam contar com Will Smith e Jeff Goldblum nos papéis principais da ficção científica - o último interpretou David Levinson, cientista que ajuda Hiller no confronto contra alienígenas.

Leia também:

“Estava muito claro que precisava ser o Will Smith e o Jeff Goldblum. Ethan Hawke estava na nossa lista também, mas na época achei que ele era jovem demais para o papel. Era o combo que pensamos. O estúdio disse, ‘não, não gostamos do Will Smith. Ele ainda não foi colocado à prova. Ele não funciona em mercados internacionais’”, relembrou Emmerich.

Foi, então, que Devlin revelou qual era o problema dos executivos com Will Smith. "Eles disseram, ‘se vocês escolherem um cara negro para esse papel vocês vão matar a bilheteria internacional’. O nosso argumento foi, ‘bem, é um filme sobre criaturas espaciais, vai se dar bem lá fora’", contou. "Foi uma grande guerra e o Roland realmente lutou pelo Will, acabamos ganhando essa luta."

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Temendo perder o seu protagonista dos sonhos, Emmerich só conseguiu vencer a queda de braço com o estúdio após fazer um ultimato. "Eu tive que bater o pé e dizer: 'A Universal está me ligando todos os dias, então escalem Will e Jeff, ou eu vou levar o filme para lá'", finalizou o diretor.

Recentemente, Will Smith celebrou os 25 anos do filme no Instagram. "“25 anos já?!?! WOW!!”, escreveu na legenda. Estrelado pelo astro - na época conhecido somente pela série "Um Maluco no Pedaço" -, o longa foi um grande sucesso, fazendo U$ 817 milhões em bilheteria em todo o mundo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ouça o Pod Assistir, podcast de filmes e séries do Yahoo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos