Após tapa, Will Smith pode concorrer ao Oscar por "Emancipation"?

Will Smith na festa pós-Oscar da Vanity Fair em março de 2022 em Beverly Hills, Califórnia. (Foto: Dimitrios Kambouris/WireImage)
Will Smith na festa pós-Oscar da Vanity Fair em março de 2022 em Beverly Hills, Califórnia. (Foto: Dimitrios Kambouris/WireImage)

A Apple TV+ liberou na última segunda-feira (3) o trailer oficial de "Emancipation – Uma História de Liberdade", filme que marca o retorno de Will Smith às telas após a polêmica do Oscar. No filme, o astro interpreta um homem escravizado fugitivo que se tornou uma das grandes apostas para ganhar uma nova estatueta, mas essa campanha não será fácil.

Para quem não lembra, Smith gerou polêmica ao agredir Chris Rock durante a premiação em março deste ano, pouco antes de receber a estatueta de Melhor Ator por "King Richard: Criando Campeãs". Na ocasião, o ator reagiu a uma piada do comediante sobre sua esposa, a atriz Jada Pinkett Smith, que trata uma doença autoimune chamada alopecia, que causa a queda de cabelo. Mas depois do escândalo, o ator ainda pode voltar a ganhar um Oscar?

Em abril, Smith anunciou sua saída da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e foi banido pelo Conselho de Governadores da Academia da transmissão do Oscar e de eventos patrocinados pela Academia por 10 anos. No entanto, nada disso o impede de disputar e conquistar o prêmio novamente.

O streaming havia adiado o filme devido às críticas que Smith recebeu, mas voltou atrás na decisão e o lançamento acontecerá ainda em 2022, dentro do prazo para concorrer ao maior prêmio do cinema. De acordo com a "Variety", o astro, que recebeu US$ 35 milhões para estrelar e produzir o longa, pode se tornar o primeiro artista a ganhar dois Oscars consecutivos de Melhor Ator desde Tom Hanks. Se isso acontecer, ele não poderá receber o prêmio pessoalmente e nem por transmissão via satélite.

Além desse prêmio, se “Emancipation” for indicado à categoria de Melhor Filme, Smith também ganhará a estatueta, já que atua como um dos produtores do filme, ao lado de Jon Mone, e ex-indicados Todd Black (“Sete Vidas”), Joey McFarland (“O Lobo de Wall Street”).

O que já sabemos sobre "Emancipation"?

Com direção de Antoine Fuqua, de "Um Dia de Treinamento" (2001), "Emancipation - Uma História de Liberdade" conta a história real de um escravizado fugitivo na Louisiana que teve suas costas chicoteadas fotografadas. A imagem, publicada em todo o mundo em 1863, expôs a brutalidade e se tornou um símbolo da luta contra a escravidão americana. A trama mostrará Whipper Peter navegando pelos pântanos da Louisiana para escapar dos proprietários de plantações que quase o mataram.

Escrito por Bill Collage, longa passará pelos cinemas norte-americanos em 2 de dezembro de 2022 e chega ao streaming da Apple em 9 de dezembro. Assista ao trailer oficial do filme.