Will Smith explica motivo de tapa em Chris Rock no Oscar

Will Smith no National Board do Review Annual Awards Gala em março de 2022 em Nova York. (Foto: ANGELA WEISS/AFP via Getty Images)
Will Smith no National Board do Review Annual Awards Gala em março de 2022 em Nova York. (Foto: ANGELA WEISS/AFP via Getty Images)

Na mesma noite em que venceu a estatueta de Melhor Ator por "King Richard: Criando Campeãs", Will Smith causou uma das maiores polêmicas da história do Oscar ao dar um tapa em Chris Rock. O ato aconteceu quando o comediante apresentava uma das categorias da cerimônia e fez piada com o cabelo raspado de Jada Pinkett-Smith.

Aos 54 anos, o astro sofreu críticas e penalizações da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e explicou sua motivação. Em entrevista ao "The Daily Show With Trevor Noah", Smith deixou claro que se arrepende de sua reação, mas também afirma que muitas coisas vieram à tona em sua mente naquele momento.

“Essa foi uma noite horrível, como você pode imaginar. Há muitas nuances e complexidades nisso tudo. Mas no fim do dia, eu só – eu perdi o controle, sabe? Eu estava passando por algo naquela noite, sabe?", declarou o ator.

"Não que isso justifique o meu comportamento, de forma alguma… mas foi muita coisa. Foi o garotinho que viu seu pai batendo em sua mãe, sabe? Tudo aquilo borbulhou naquele momento. E esse não é quem eu quero ser", acrescentou. "Foi uma raiva que foi reprimida por muito tempo... Mas eu entendo a dor".

Em novembro de 2021, o ator já havia contado ao "The Times" sobre como ter testemunhado a mãe ser vítima de violência doméstica gerou um trauma em sua vida.

Will Smith teme que polêmica no Oscar prejudique seu novo filme

Após uma breve pausa na carreira, Will Smith deu início a divulgação de "Emancipation - Uma História de Liberdade", seu mais novo filme. Ele revelou que entende se seu projeto não se tornar um grande sucesso, mas teme que a rejeição prejudique a equipe do longa da Apple TV+.

"Eu entenderei completamente - se o público ainda não estiver pronto, eu absolutamente respeitaria isso e permitiria que seu espaço não fosse invadido", declarou Smith em entrevista ao jornalista Kevin McCarthy. "Minha maior preocupação é com minha equipe - Antoine fez o que considero o maior trabalho de toda a sua carreira."

Com estreia marcada para 9 de dezembro, "Emancipation - Uma História de Liberdade" conta a história real de um escravizado fugitivo na Louisiana que teve suas costas chicoteadas fotografadas. A imagem, publicada em todo o mundo em 1863, expôs a brutalidade e se tornou um símbolo da luta contra a escravidão americana.