Whindersson xinga empresários por falta de ajuda a vítimas da Bahia

·3 min de leitura
Whindersson Nunes fez um apelo para doações e ajudas aos afetados pelas enchentes na Bahia (Reprodução/Instagram)

Whindersson Nunes soltou o verbo e xingou os empresários milionários que conhece por se recusarem a ajudar as milhares de vítimas da Bahia, que foram afetadas com as fortes chuvas na região desde terça-feira (7). Em seu perfil no Twitter, chamou esses ricos de "nojentos".

No desabafo, ainda enalteceu a predisposição de Anitta, que conseguiu um helicóptero para resgatar as pessoas que vivem nas comunidades indígenas do sul do Estado nordestino.

"Anitta com duas ligações ajudou mais do que um bando de rico nojento que me oferece jato pra me buscar pra festinha e na hora de pedir a merda de um helicóptero fazem de conta que não entendem a gravidade do que a gente fala. Enfim, obrigado, Anitta, de coração", escreveu o humorista.

Na tarde de sexta-feira (10), ele já havia feito um apelo em suas redes sociais para ver se algum dos empresários ricaços que sempre o contratam para fazer shows dentro e fora do país poderiam contribuir financeiramente e disponibilizar um helicóptero para atuar no resgate das vítimas das enchentes.

"Gente algum empresário(a) potência na Bahia que tenha helicóptero pode me dar um força pra ajudar o pessoal atingido pelas enchentes?? Entra em contato faz favor", escreveu ele. Por conta do desabafo feito neste sábado, parece que o apelo de ontem não foi atendido.

Foi ele quem sugeriu a Anitta essa maneira de ajudar. Ontem, a cantora tomou conhecimento da situação desesperadora que acometeu principalmente o sul da Bahia, como as cidades turísticas de Porto Seguro, Ilhéus e Maraú, e foi às redes sociais para descobrir como contribuir. Whindersson Nunes viu a mensagem da amiga e indicou como ela poderia contribuir.

"Gente acabei de ver um lance da Bahia. Como posso ajudar?", escreveu a cantora. "A chuva levou as estradas, e na cidade impossível de transitar, acho q a solução seria helicóptero pro resgate de pessoas ilhadas e pra levar doações, tem gente só com a roupa do corpo, tamo mandando dois, mais um pra atender as aldeias indígenas seria top demais", respondeu ele.

Tragédia

Desde a última terça-feira, as fortes chuvas que atingiram a Bahia, principalmente a região sul do Estado, deixou diversas famílias desabrigadas e provocou muitas mortes.

Cidades como Porto Seguro, Ilhéus e Maraú, bastante frequentada por turistas nesta época do ano, foram muito afetadas com os temporais, ficando com suas ruas alagadas. Nessa sexta-feira (10), o governador Rui Costa fez um alerta e pediu para que as famílias localizadas nas regiões de risco deixem suas casas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos