Whindersson Nunes se pronuncia sobre polêmica com Carlinhos Maia: "Nunca briguei com ninguém"

Foto: Reprodução/Instagram (@whinderssonnunes)

Whindersson Nunes está farto de toda a confusão com o colega de trabalho, Carlinhos Maia. Após o comediante desistir de ser padrinho no casamento de Carlinhos, os dois trocaram farpas em entrevistas e nas redes sociais, o que levou o recém-casado a apagar suas contas do Instagram e do Twitter. Assim, Whindersson se sentiu no dever de passar tudo a limpo na web e foi ao Stories para contar a história desde o começo.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

“Queria esclarecer desde o começo que eu não estou brigando com ninguém. Não. quero brigar com ninguém. ‘Ai, [Carlinhos] desativou o Instagram, porque você fez isso?’ Eu não fiz nada.”, disse o humorista que afirmou contar tudo desde o começo sobre a briga. “Ele um dia me disse: ‘Você vai ser padrinho do meu casamento. Você e Luísa’. Sendo que nem perguntou para Luísa se ela queria e divulgou em todos os portais e eu fiquei: ‘Caramba bicho, que é isso?”, disse em tom de surpresa.

Leia também

O comediante começou então a se preocupar com o convite e preferiu ser honesto consigo mesmo: “Os dias foram passando e eu comecei a pensar: ’O padrinho de casamento é uma pessoa próxima, pra quem você pede conselho em um problema no casamento. Como é que eu vou dar conselho sobre a vida de uma pessoa que eu não estou muito por dentro?”, avisou.

E, aos que diziam que o comediante teria que se pronunciar mais cedo, Whindersson se explica e ainda conta que foi pessoalmente avisar Carlinhos: “Quando? Se já tinha saído em todos os portais que eu ia ser o padrinho? Mas eu fui falar com ele. Falei que não estava me sentindo bem. Que não me sentia um padrinho para poder ser um padrinho. Para mim é algo muito importante ser padrinho de casamento. Quem foi no meu casamento[com Luísa] até hoje cobro a posição, de verdade”, explicou.

E ainda finalizou dizendo que esse foi o ponto em que as desavenças começaram: “Quando eu disse isso ele me bloqueou. Então assim, eu não briguei com ninguém, não falei nada e ele me bloqueou.”

O começo de tudo

Whindersson também aproveitou a oportunidade para falar sobre o começo da história. De como conheceu Carlinhos Maia e como começou a se afastar: “Eu conheci o Carlinhos pelo Kaká e a Simone [da dupla com Simaria]. Uma pessoa muito legal, gente boa, com presença. [Já chega] brincando e tal. E eu gosto de gente assim. A gente praticamente passou a lua de mel junto né, saíamos todos os dias e fomos ficando mais próximos, a amizade foi estreitando: Eu, ele e o Tirulipa.”, contou.

Mas nem tudo em uma amizade são flores, certo? “Em Os Roni [a sitcom] eu já senti uma coisa estranha, umas atitudes… Eu nem queria estar falando isso aqui pra falar a verdade. É só pra deixar bem claro que eu não briguei com ninguém. Eu saia e o pessoal me falava: ‘Whindersson, acredita que você saiu e o cara [Carlinhos] falou isso aqui e aquilo ali’, mas eu fui relevando. E relevando, e relevando”, desabafou.

Contudo, o humorista ainda defendeu um pouco Carlinhos, sem tirar seu mérito como profissional: “E como a gente ta acostumado a apanhar.. ele também é um cara muito guerreiro, mas eu garimpei isso daqui, sabe? Aí comecei a me afastar”, explicou. Desabafo daqueles, né?