Whindersson Nunes posta foto sem camisa e Luísa Sonza ironiza: 'Ridículo um homem casado postar foto mostrando o corpo'

Luísa Sonza aproveitou a foto do marido para ironizar as críticas que recebe de muitos internautas (Reprodução/Instagram/ @whinderssonnunes)

Depois de adotar uma dieta de 1800 calorias por dia para poder eliminar o acúmulo de gordura no fígado, Whindersson Nunes tem compartilhado no Instagram as mudanças em seu corpo por conta do novo estilo de vida. Na noite desta quinta-feira (12), O youtuber resolveu postar uma foto em que aparece sem camisa para mostrar que sua barriga diminuiu e sua esposa, Luísa Sonza aproveitou para ironizar as críticas que recebe de muitos internautas quando posta fotos em que mostra o corpo.

“Nossa, que ridículo um homem casado postar foto mostrando o corpo, né? Que absurdo, falta de respeito, meu Deus. Eu não aceitaria!”, escreveu Luísa Sonza nos comentários da foto de Whindersson Nunes. A cantora ainda respondeu a um comentário de uma seguidora que aproveitou seu post para alfinetar os machistas de plantão. “Super concordo, amiga. Homem tem que se dar ao respeito, ainda mais quando é casado. Meu Deus, é o fim do mundo”, brincou a internauta. “sim, né? E a esposa dele deve ser corna. Só pode. E ele é interesseiro”, retrucou Luísa.

Leia mais:
Gugu Liberato mostra as filhas e se orgulha: ‘Minhas gatas’
Perto dos 40 anos, Deborah Secco garante que é vaidosa: ‘Faço tudo o que posso’

Em recente entrevista à revista “Quem”, Luísa Sonza contou que aprendeu a lidar com as críticas e o machismo. “Antes eu tinha muito vergonha de ser quem eu era. Vim de um lugar muito machista, morei até os 17 anos, em uma cidade de poucos habitantes, em que a mulher não dançava, o funk era proibido… Eu gostava, mas morria de vergonha porque eu achava que o que eu gostava era errado. Eu gostava de ser uma pessoa mais sensual, de festa, mas eu sabia que seria julgada. Hoje me sinto a pessoa mais feliz do mundo em lançar Devagarinho. Nem me importo com crítica porque eu estou feliz“, afimrou ela.