Whindersson e Maria Lina querem parto humanizado: "Papai vai cortar cordão umbilical"

Giselle de Almeida
·1 minuto de leitura
Whindersson Nunes e Maria Lina Deggan no chá revelação do bebê. Foto: reprodução/Instagram/whinderssonnunes
Whindersson Nunes e Maria Lina Deggan no chá revelação do bebê. Foto: reprodução/Instagram/whinderssonnunes

Na expectativa pela chegada do primeiro filho, Whindersson Nunes e Maria Lina já fazem planos para o nascimento e a criação de João Miguel. O humorista e youtuber revelou que o casal deseja que o parto seja humanizado e que pretende evitar a exposição excessiva do menino.

"A gente optou por ser humanizado, de botar no colo da mãe antes de tudo. Papai que vai cortar o cordão umbilical", contou ele, em entrevista ao podcast Mais que 8 Minutos, de Rafinha Bastos, esta semana.

Leia também:

Segundo Whindersson, a conversa com a noiva sobre filhos, desde o início do relacionamento, só lhe fez bem. Ele acredita que esse foi um dos fatores que o ajudaram a superar um processo de depressão.

"A gente tinha conversas legais de filho, gostosas. Faz parte do processo da vida gerar. Tem uma parada feliz e um processo 100% inédito para ela e para mim. Estou muito feliz e já tenho muito carinho pelo neném. Para mim mudou tudo já quando eu vi mexer no ultrassom", afirmou.

Ciente de que o bebê já vai nascer famoso, graças à visibilidade do pai, o piauiense diz que "não quer exposição toda hora" da criança. Nem as festas de "mesversário", comuns entre as celebridades, estão no planos do influenciador.

"Não vamos fazer mesversário vestido de abelha", brincou ele, que refletiu: "Não quero que meu filho olhe para trás e fale: 'O que você fez da minha vida? Eu não queria ser famoso'".