Whindersson é criticado por citar Luísa Sonza em livro: "Saco cheio"

·3 min de leitura
Whindersson Nunes cita Luísa Sonza em autobiografia e é criticado
Whindersson Nunes cita Luísa Sonza em autobiografia e é criticado

Whindersson Nunes recebeu críticas na web nesta quinta-feira (16) por citar a ex-mulher, Luísa Sonza, em sua autobiografia recém-lançada, "Vivendo como um Guerreiro". O humorista conta no livro que usava substâncias ilícitas quando conheceu a cantora, em 2017, e que a separação do dois, em 2020, foi um período duro, em que não conseguia ficar sem drogas. "Fiquei sem chão", declarou.

No Twitter, algumas pessoas disseram que Luísa já sofreu muito hate por causa do divórcio de Whindersson e que, agora, quando as pessoas estavam esquecendo, ele voltou no assunto. "Eu não fiz uma biografia pra falar de Luísa, isso deve ter duas páginas, eu não falei mal dela, meu livro fala sobre minha vida inteira. Vai tomar no seu c*, tô de saco cheio", desabafou o humorista.

Teve quem disse que Whindersson "tem cara de bom moço", mas não é. "Eu já falei com a Luísa, já pedi desculpas e entendi tudo se vocês, fãs, fazem da vida dela um inferno e da minha, porque isso já faz muito tempo", rebateu ele. "Eu não sou uma personalidade da internet, eu sou um pessoa que trabalha pra caralh*, dá um duro da porr* pra sair de um inferno de vida miserável, estudo pra caralho, é só ocultar tudo que aparece sobre mim, que nada mais vai aparecer", completou.

Por fim, uma pessoa defendeu o humorista. "Cara, ela fez uma música sobre vocês, qual o problema de citar uma parte da sua vida em que ela esteve presente? Esse povo é escroto demais", opinou um seguidor. "Eu cuidei tanto pra não pensarem nada ruim, contei como ela me ajudou, até com minha autoestima, deixei bem claro que ela não tinha nada a ver com meu fundo de poço, de verdade, não me sinto seguro mais pra falar nada, não quero mais essa vida pra mim", disse Whindersson.

Whindersson
Whindersson

"Tive meu Penhasco"

No último capítulo, "Fim de Conversa", de sua autobiografia, Whindersson deu novos detalhes sobre o relacionamento com Luísa e revelou a luta contra as drogas. "No dia em que eu encontrei a Luísa, eu estava virado de droga, não estava bem, estava em busca do que eu não sabia. Eu vinha de outro término, enfim, essa área da vida eu não domino mesmo, como podem perceber. Quando a vi, pela primeira vez, eu a vi no efeito da droga. Eu a vi meio que brilhando. Foi o começo de uma viagem", relembra.

Ele também conta que tentou proteger e ensinar tudo o que aprendeu à cantora. "A Luísa era uma menina que tinha muitas dúvidas na vida. Eu me via um pouco nela. Eu via que ela tinha futuro e, ao mesmo tempo, achava que ela precisava de ajuda. Eu também precisei de ajuda e não tive ninguém que me ensinasse como eu deveria fazer. Eu me via na obrigação de fazer por ela o que ninguém fez por mim. E, então, eu fazia tudo", reflete.

O humorista define a separação do dois, em 2020, como um de seus momentos mais difíceis. "Houve um período muito duro da minha vida em que eu não conseguia ficar sem as drogas. Teve um mês, quando o relacionamento com a Luísa terminou, que eu fiquei sem chão", desabafa. "Quando acabou com a Luísa, eu também tive o meu penhasco", completa ele em outro momento, fazendo alusão à música em que a cantora fala sobre o divórcio, "Penhasco".

Whindersson Nunes rebate críticas
Whindersson Nunes rebate críticas
Whindersson Nunes rebate críticas
Whindersson Nunes rebate críticas

 

 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos