Wesley Safadão nega ter sido grosso com fã durante show no Maranhão

Show de Wesley Safadão pode não contecer no Tocantins (foto: reprodução / instagram @wesleysafadao)
Show de Wesley Safadão pode não contecer no Tocantins (foto: reprodução / instagram @wesleysafadao)

Wesley Safadão gravou uma série de vídeos em seu story esclarecendo um vídeo que viralizou nas redes sociais. No registro, ele aparecia passando por um cordão de isolamento e afastando as pessoas ao seu redor: "Não encosta não, gente perto de mim, não", afirmou ele para sua equipe.

O músico afirmou que a bronca não foi direcionada a nenhum fãs, e sim para um segurança que o acompanhava durante o show no Maranhão.

"Logo na minha chegada foi feito um cordão de isolamento de segurança. Eu desço do carro e digo pro Eduardo que trabalha comigo, 'desmancha esse cordão de isolamento', faço fotos com as pessoas que estão lá, entro para o meu camarim, faço atendimento de fãs e convidados, me arrumo e volto a dizer, 'Eduardo, cancela aquele negócio de segurança'. Assim que eu saio, eu falo para um rapaz de camisa branca, 'não quero gente perto de mim'. Estou me referindo aos seguranças que vêm atrás de mim. E logo faço as fotos com os fãs. Que bom que no vídeo deu pra ver que eu estou tirando foto com todo mundo", afirmou ele, que pediu desculpas para a menina que fez o vídeo que viralizou.

"Peço desculpas para você, isso não foi pra você e jamais falarei assim com os fãs. Nunca vai acontecer", garantiu.

Polêmica na pandemia

Wesley Safadão presenteou a esposa, Thyane Dantas, com uma BMW X7 para comemorar o aniversário de 31 anos da amada. O carro é avaliado no Brasil em R$1,1 milhão.

O valor do carro pagaria com folga a multa estipulada pelo Ministério Público do Ceará para encerrar as investigações sobre a vacinação irregular do músico e sua esposa. Os dois foram denunciados no fim de 2021 por corrupção passiva privilegiada após tomarem suas vacinas contra a Covid-19 fora da data regulamentada pela idade.

Inicialmente, Safadão poderia ter encerrado definitivamente o processo caso pagasse uma indenização de 720 salários mínimos (cerca de R$792 mil na época). O dinheiro seria destinado a uma ONG, mas o cantor se recusou, afirmando que não errou de forma proposital e que achou o valor abusivo. "Primeiro queriam que eu me declarasse culpado. Depois, queriam que eu pagasse uma quantia equivalente a quase um milhão, sendo que para um cidadão comum é infinitamente menor".

Denúncia de corrupção

Wesley Safadão e sua esposa, Thyane Dantas, foram denunciados pelo Ministério Público do Ceará pelos crimes de peculato (punição de funcionário público que usa a função em benefício próprio) e corrupção passiva privilegiada durante o início da vacinação contra a Covid-19. Também são réus no processo a produtora Sabrina Tavares Brandão e uma servidora da Secretaria de Saúde de Fortaleza.

A denúncia foi protocolada no Poder Judiciário após o Tribunal de Justiça do Ceará liberou as investigações que estavam bloqueadas após um habeas corpus movido pelo cantor no fim de 2021. Safadão e Thyane tomaram suas vacinas contra a Covid-19 fora da data regulamentada pela idade, e em um posto diferente do que havia sido definido pelo SUS.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos