Wesley Safadão fala de trabalho para lançar músicas: "Tem que fazer dancinha"

·1 min de leitura
Cantor está se adaptando (Foto: Leo Franco/AgNews e Reprodução/TikTok)
Cantor está se adaptando (Foto: Leo Franco/AgNews e Reprodução/TikTok)

Wesley Safadão é uma "máquina de hits". Todo lançamento dele vai parar entre as mais ouvidas do país. Neste sábado (5), durante o Garota VIP São Paulo, o cantor conversou com o Yahoo sobre seus planos para 2022. Segundo ele, a vontade de lançar uma música atrás da outra é grande, mas a "burocracia" que gira em torno e a forma de consumo do público terminam impedindo essa "rapidez" nos lançamentos.

"Estamos em um momento de streaming. Tem que lançar a música, esperar, fazer dancinha no TikTok, nhenhenhe. Fui acostumado a lançar música toda semana e tenho que me adequar as mudanças", diz o cantor, já pensando nos passinhos, aos risos.

Questionado sobre uma possível parceria com Gusttavo Lima, Safadão revela que os dois tentam um feat há muito tempo. O problema é conseguir espaço nas agendas. "A gente já tentou algumas vezes e teve problema com agenda. Conversamos em junho. É uma correria. Quando rolar será uma música que vai bombar. Tudo no momento certo, cada artista tem sua forma de programação", explica.

Planos para o Carnaval

Embora o festival Garota VIP tenha dado um gostinho do que será o Carnaval de 2022, Safadão está preparado para possíveis cancelamentos. O cantor conta que já teve um bloco cancelado em Minas Gerais e, apesar da agenda fechada com muitos shows em camarotes, segue preocupado com a nova variante.

"Tem camarote em Salvador, Pernambuco, Rio de Janeiro. Vamos ver o que vai acontecer. A pandemia não acabou. Temos que continuar com nossos cuidados, retomar como for permitido. Se for para regressar por conta da nova variante, vamos pensar primeiro nas vidas e no caos que tudo isso pode gerar no país", defende ele.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos