Warner ofereceu lançar Duna exclusivamente nos cinemas em 2022, mas Denis Villeneuve recusou

·1 minuto de leitura

O diretor Denis Villeneuve tem sido duramente crítico da decisão da Warner Bros. de lançar todos os seus filmes de 2021, incluindo seu Duna, simultaneamente no HBO Max e cinemas. Entretanto, segundo a Variety, ele teve a opção de mudar isso.


Segundo o site, a Legendary, que financiou maior parte da produção, recebeu a opção de adiar o filme para 2022. Como o plano de estreias simultâneas da Warner é só para 2021, isso colocaria Duna exclusivamente no cinema. Villeneuve e outros acionistas, entretanto, foram contra para não adiar o longa-metragem uma quarta vez.


Duna adapta metade do épico de ficção-científica de 900 páginas homônimo de Frank Herbert, considerado como O Senhor dos Anéis do gênero. Na história, a família do Duque Leto Atreides se muda para governar o planeta deserto de Arrakis, onde vivem mafiosos, tribos e minhocas gigantescas. Lá, o clã é atacado e o filho de Leto, Paul, acaba descobrindo que tem um destino perigoso e gigante à sua frente.

Dirigido por Denis Villeneuve (Sicario, A Chegada), ele conta com Timothée Chalamet (A Crônica Francesa), Oscar Isaac (Ex_Machina), Rebecca Ferguson (Doutor Sono), Zendaya (Euphoria), Javier Bardem (Skyfall), Josh Brolin (Vingadores: Guerra Infinita), Dave Bautista (Blade Runner 2049), Jason Momoa (Aquaman) e Stellan Skarsgard (Chernobyl).


No Brasil, Duna estreia no dia 14 de outubro e chega ao HBO Max cerca de 35 dias depois.


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos