Wanessa critica discurso sobre mudanças e prepara Era pop: "Para os órfãos de 'Shine It On'"

Fãs órfãos da era pop de Wanessa Camargo podem se preparar. Depois de lançar o projeto "Pai & Filha", ao lado de Zezé Di Camargo, a cantora tem se dedicado ao novo projeto autoral solo, e promete voltar ao pop batidão que conquistou o público em várias eras de sua carreira. Convidada do Yahoo Entrevista desta semana, Wanessa falou sobre suas novas apostas e diz que não dá bola para quem a acusa de não ter personalidade, por conta das mudanças de estilo ao longo da carreira.

"Acho que virou um discurso muito fácil de falar de mim, muito fácil de repetir, sabe? Sem base, sem embasamento. Um monte de gente fala isso sem nunca ter ouvido um CD inteiro, conhece meia dúzia de música e já tem discurso pronto: 'Nossa, ela não sabe o que quer, ela canta tudo'. Então, eu vejo isso mais como uma forma também de tentar me colocar uma caixinha. As pessoas adoram só repetir o que ouvem por aí. A gente precisa colocar tudo numa categoria, né? Eu discordo quando as pessoas colocam muitos rótulos, nenhum ser é uma coisa só. Nenhuma pessoa gosta de um tipo só de comida, uma cor só", analisa.

Ao longo da carreira de 22 anos, Wanessa se aventurou no romântico, no pop, no sertanejo e aponta uma ligação entre todos os estilos que gosta de explorar.

"Cara, ouve meu trabalho inteiro, você não vai ver uma dicotomia ali. Você não vai ver uma coisa muito diferente do que sempre foi feito. Sempre brinquei com essa linha pop, ia um pouquinho mais para o pop, um pouquinho mais para o romântico, um pouquinho mais para o sertanejo. Eu tinha uma pegada sertaneja no primeiro CD, tinha no segundo, tinha no terceiro, porque eu tenho uma linguagem country e sertaneja muito forte na minha carreira. Se você for olhar desde o meu primeiro CD a todos eles, você vai ver sempre umas misturinhas muito legais, que tem o pop, música latina, reggaeton. Eu fui a primeira cantora a gravar um reggaeton no Brasil. Sempre teve essa pegada."

A cantora reconhece que seu álbum sertanejo "33'', lançado em 2016, causou barulho, mas aponta que nunca foi para seguir uma onda. Ela também revela as próximas surpresas que está preparando para a sua carreira solo.

"O '33' foi esse álbum que causou e eu estou ali inteira naquele CD também. Tem mais pegada sertaneja? Tem, mas tinha esse propósito também. No próximo, eu já venho com outra coisa. Agora a gente tem 'Pai & Filha', temos um projeto solo que está começando a ganhar vida e um outro projeto que vai pegar os órfãos de 'Shine It On'. Tenho projeto solo para este ano. E a gente está planejando outras coisas também. Isso inclui o projeto romântico, em português, pop em português, pop em inglês, romântico em inglês. Incluir se eu quiser cantar outras coisas, que eu também tenho vontade. E é isso. Eu não vou me colocar em nenhum lugar limitado, tem projetos bons vindo. E eu estou preparando eles com muito carinho."

Sobre futuras parcerias, Wanessa confessa que gosta de colaborar com pessoas mais próximas e que tem uma relação de amizade. Ela revela que fez uma única parceria envolvendo negócios em toda a sua carreira.

"Sou uma pessoa que talvez tenha uma cabeça diferente. Eu não faço parceria pelo pela visibilidade, pelo número. A Paulinha Mattos, a gente já falou que temos que fazer uma coisa juntas. E a Liah também. Claro que se a Shania Twain, a Alanis Morissette, se elas quiserem cantar comigo, eu tô aí! [risos]. A parceria com Ja Rule, em Fly (2009), foi a única mais business".

Aos 39 anos, Wanessa conta que não está mais na pegada de rodar o Brasil com grandes turnês e agenda lotada. Ela pensa em fazer os shows dos próximos trabalhos de forma diferente e menos corrida.

"Eu vou fazer poucas turnês pra poder conseguir sempre ter prazer em fazer turnê. sabe? E poucos shows, mas shows legais com um palco bacana, com uma produção legal, com uma estrutura legal", adianta sobre o futuro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos