Wanessa Camargo defende educação sexual nas escolas

Foto: Rodrigo Sanches/Brazil News

Wanessa Camargo está aproveitando a sua visibilidade para levar uma mensagem que pode mudar a vida de muitas pessoas. A cantora é embaixadora da UNAIDS Brasil, um programa que tem como objetivo prevenir o HIV e ajudar quem precisa de um tratamento.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Em conversa com o Yahoo no espaço opHicina, em Pinheiros que abriga uma exposição sobre o tema, Wanessa defendeu a educação sexual nas escolas e afirmou acreditar que informações como as que estão expostas no acervo, além de o trabalho de educadores abordando a temática em sala de aula, são peças fundamentais para combater a Aids.

“Acredito muito na educação e na disseminação do conhecimento como forma de quebrar barreiras, derrubar muros e preconceitos. As pessoas têm preconceito porque elas não conhecem. Quando você traz essa informação, consegue transformar o mundo”, diz ela, que é muito seguida pelo público LGBT e acredita ter a missão de ajudar a levar essa mensagem para esse público de alguma forma.

“Os meus fãs são os jovens que estão começando a se relacionar sexualmente, que não têm informação porque na escola não se fala mais disso, ou em casa os pais têm receio, vergonha de falar. A arte tem o poder de chegar muito próxima deles. Então, sinto que a gente tem que cobrar e falar mais sobre o assunto”, defende a filha de Zezé Di Camargo, 

A cantora foi tietada na abertura da exposição (Foto: Divulgação)

HIV não atinge só o público LGBT

Para a curadoria da exposição, Wanessa é considerada uma mulher corajosa por não ter a doença e ainda assim levantar essa bandeira, mostrando em seu discurso de abertura que o HIV não atinge só o público LGBT, mas oferece risco para todos que possuem uma vida sexual ativa.

Em sua participação no evento, artista também garantiu que seu pensamento aberto, hoje, é reflexo de uma educação que recebeu no passado, nos colégios que frequentou, e conta que tem a intenção de transmitir isso para seus filhos José e João.

“Eles ainda são muito pequenas, mas muitas coisas eu já converso com eles, como o machismo, por exemplo. Talvez, na escola eles não tenham tanto acesso, mas em casa eu faço o meu trabalho. O que vejo é que é preciso educar os pais também. Por isso a escola tem um papel importante. Até a falta de conhecimento do próprio pai e da própria mãe faz com que, às vezes, os filhos não tragam esse conhecimento ou suas dúvidas para casa”, avalia Wanessa.

Por acreditar que é preciso largar as campanhas tradicionais, sair da mesmice e ir em busca de um discurso novo para atrair a nova geração, a cantora acredita que a exposição da artista visual e médica Fabiana Gabaskallás, e curadoria da artista visual Lucrécia Couso, em parceria com o médico infectologista Rico Vasconcelos, seja uma ótima pedida para o feriado. Por isso, fica a dica!

Detalhes da exposição (Foto: Rodrigo Sanches/Brazil News)

SERVIÇO

O.X.E.S – Artivismo em Exposição
Data: 17 de abril a 29 de junho
Horário: das 10h às 18h, segunda a sexta; das 11h às 14h, aos sábados
Local: espaço opHicina (Rua Teodoro Sampaio, 1109, Pinheiros, São Paulo-SP)
Entrada: grátis