WandaVision é a ilusão perfeita: parece novo, mas é mesma Marvel de sempre

Thiago Romariz
·3 minuto de leitura
Wandavision traz a estrutura de sitcoms clássicas para o universo Marvel (Foto: Divulgação)
Wandavision traz a estrutura de sitcoms clássicas para o universo Marvel (Foto: Divulgação)

Não existe nada no Universo Marvel como 'WandaVision'. Tudo no Universo Marvel é igual 'WandaVision’. A nova série do Disney Plus mergulha no paradoxo da ilusão criada pela Feiticeira Escarlate, heroína capaz de criar realidades paralelas. Como esses personagens reviveram? Quando essa nova jornada começou? Qual é a lógica do Visão estar vivo se o Thanos o matou? A Marvel se aproveita de todas essas perguntas para montar uma resposta com ar de inovação - já que o formato seriado cômico nunca existiu para eles -, mas ainda com o mesmo sentimento de expansão de mitologia que todos os filmes do estúdio têm.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

A história de WandaVision mostra o casal-título dentro de uma comédia dos anos 1960. Eles são casados, Wanda é dona de casa, Visão um empregado corporativo. No meio da convivência, pautada por um roteiro afiado em que Paul Bettany brilha, o casal se questiona se aquela realidade é de fato algo concreto e se aquele mundo realmente existe.

Leia também

O dilema e o ritmo continua no segundo episódio, que evolui no caráter cômico da dupla e mostra que antes de revelar as ameaças reais, a ideia aqui é montar a força com a qual Wanda lida com essa nova realidade. Ela quer superar a morte do marido, do irmão, e tem ali uma mentira que a mantém viva.

Em quase uma hora de série, não existe uma menção aos Vingadores, a um grande vilão ou mesmo uma sequência de ação. É a receita perfeita para fãs mais ansiosos reclamarem, porém todas as peças estão postas para as próximas expansões que Kevin Feige e Cia planejam - sem contar com os inúmeros easter eggs e referências que só fãs ardorosos dos quadrinhos vão perceber. O melhor é que, no fundo, eles pouco importam para a história principal, comandada pelo casal perdido naquele cenário preto e branco, sexista e sem muita lógica. Difícil imaginar a Marvel fazendo isso há alguns anos, mas não poderia vir em um momento melhor, já que o gênero precisa de fato de renovação em formato e narrativa.

Conheça o podcast de filmes e séries do Yahoo

Ver 'WandaVision' esperando o mesmo Universo Marvel de sempre talvez não seja a melhor preparação. A série esquece qualquer obrigação de explicar o que aconteceu no mundo desde 'Vingadores: Ultimato' ou mesmo com a dupla protagonista, que nunca recebeu uma atenção digna nos filmes anteriores.

Curiosamente, porém, essa decisão faz com que em pouco tempo o espectador se afeiçoe pelos dois e comece esta nova jornada ao lado deles, num misto de novidade e paranóia, tal qual o próprio casal vive na história. É como se estivéssemos vivendo algo completamente novo, mas no fundo sabemos que há algo reconhecível - e no caso dos fãs, este algo é a boa e velha Marvel de sempre. Resta saber o que aguarda Visão e Wanda.

———

*Thiago Romariz é jornalista, professor, criador de conteúdo e atualmente head de conteúdo e PR do EBANX. Omelete, The Enemy, CCXP, RP1 Comunicação, Capitare, RedeTV, ESPN Brasil e Correio Braziliense são algumas das empresas no currículo. Em 2019, foi eleito pelo LinkedIn como um dos profissionais de destaque no Brasil no prêmio Top Voice.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube