Walter Salles vai adaptar livro de Marcelo Rubens Paiva sobre a ditadura

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cineasta carioca Walter Salles, de "Central do Brasil", vai dirigir uma adaptação do livro "Ainda Estou Aqui", escrito por Marcelo Rubens Paiva e publicado em 2015, para o cinema, de acordo com o portal americano Deadline. A atriz Mariana Lima deve protagonizar o filme.

"Ainda Estou Aqui" é uma obra autobiográfica, que explora a relação de Marcelo Rubens Paiva com a mãe, Eunice. Ao longo do livro, o autor mostra como a dona de casa precisou se reinventar e atuar no combate à ditadura militar depois que o marido, Rubens Paiva, foi preso. As páginas ainda passeiam pela infância do escritor e falam dos efeitos do Alzheimer em Eunice.

Deputado federal, Rubens Paiva foi dado como desaparecido após sua prisão pelos militares, nos anos 1970. Recentemente, a Comissão Nacional da Verdade confirmou que o político foi submetido a sessões de tortura e que foi assassinado por agentes da repressão dentro de um quartel.

O roteiro será assinado por Murilo Hauser, que também adaptou o livro "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", de Martha Batalha, num filme dirigido por Karim Aïnouz e premiado no Festival de Cannes.

Na próxima edição do evento francês, que começa no dia 6, a versão cinematográfica de "Ainda Estou Aqui" será apresentada para investidores e possíveis distribuidores internacionais. No Brasil, a Globoplay negocia a entrada no projeto como produtora executiva, assegurando, assim, os direitos do título no país.

O filme deve começar a ser rodado no início do ano que vem, no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos