“Votei no Bolsonaro sabendo que era um jumento”, diz Fernando Holiday

Durante a eleição de 2018, Movimento Brasil Livre, do qual Fernando Holiday faz parte, apoiou candidatura de Bolsonaro (Foto: AP Photo/Andre Borges)

O vereador por São Paulo Fernando Holiday (Patriota) declarou que votou o presidente Jair Bolsonaro, mesmo “sabendo que era um jumento”. A fala do líder do Movimento Brasil Livre foi uma defesa ao ex-ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Para Holiday, Bolsonaro traiu a confiança dos brasileiros. “Esperava um mínimo de honestidade”, afirmou em vídeo gravado com companheiros de MBL. “Além de burro é cara de pau e traidor”, disparou.

Durante a campanha eleitoral, Fernando Holiday e o MBL apoiaram a candidatura de Bolsonaro.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Agora, na opinião do vereador, é impossível defender Jair Bolsonaro. “Estou impressionado com a cara de pau dos bolsonaristas em ainda conseguir defender o presidente. Quando eu vi a saída do Moro na sexta-feira eu falei ‘acabou’, nenhuma pessoa com o mínimo de decência vai conseguir defender”, disse.

Holiday ainda pediu que os apoiadores de Bolsonaro “lavem a boca para falar de Sergio Moro”. “Tentam colocar como traidor um juiz que foi responsável pela maior investigação criminal da história do nosso país”, falou o líder do MBL, gritando.

Leia também

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

No vídeo, Holiday ainda chama o governo Bolsonaro de “governo de bandidos” e reclama que o presidente e os filhos são “uma quadrilha de fundo de quintal”, uma família de mafiosos.