Volodimir Zelenski faz discurso em vídeo na cerimônia do Globo de Ouro

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A 80ª edição do Globo de Ouro, celebrada na noite desta terça-feira (10), foi marcada por acenos políticos no sentido da diversidade -motivo pelo qual o prêmio havia sofrido boicote-, mas nenhum discurso de agradecimento ou de introdução dos indicados falou tão alto quanto o vídeo do presidente da Ucrânia Volodimir Zelenski transmitido durante a cerimônia.

O ator Sean Penn fez a introdução e Zelenski lembrou que o próprio Globo de Ouro surgiu em tempos de guerra, em 1943, durante a Segunda Guerra Mundial. Ele afirmou que a Ucrânia vencerá a guerra que trava desde fevereiro do ano passado, com a vizinha Rússia e que não deixará o conflito descambar para uma terceira guerra a nível global.

A exibição do vídeo não foi a primeira vez que o líder participou de eventos culturais internacionais e fez apelos em prol da Ucrânia. O mesmo ocorreu no Festival de Cannes, na França, e até na Feira de Frankfurt, voltada ao mercado editorial.

Penn, que acumula alguns Oscar, foi forçado a sair da Ucrânia enquanto filmava um documentário sobre a guerra. Ele chegou a presentear Zelenski com uma de suas estatuetas douradas, com a condição que o presidente devolvesse a ele quando a guerra acabasse.