Você sabia? Galã de "Pantanal" tem banda de axé e já dançou "É o Tchan" na Globo

Leandro Lima no
Leandro Lima no "Altas Horas" (Reprodução TV Globo)

Sucesso como Levi em "Pantanal", Leandro Lima tem outros empregos além da atuação. O galã também é modelo, e divertiu o público ao revelar recentemente que seu primeiro emprego foi em uma banda de axé.

Convidado do "Altas Horas", o ator afirmou que sempre adorou trabalhar com música. "Foi a primeira coisa que fiz na vida. Meu primeiro emprego foi cantor de axé. Eu faço encontros anuais com a minha banda, porque o público gosta e sempre pede um retorno", explicou ele, falando da banda Ala Ursa.

Nascido em Campina Grande, o ator explicou que a carreira da banda permanece local porque os músicos querem continuar morando na cidade. "Ninguém tem vontade de ir para muito longe fazer shows. O voo da Ala Ursa era sempre programado, até fomos procurados por uma gravadora, eu tinha vontade, mas o pessoal declinou". Convidado do "Altas Horas", Leandro dançou ao lado de Scheila Carvalho, ex-dançarina do É o Tchan.

Sequestro em "Pantanal"

Após sofrer assédio de Levi e uma tentativa de estupro, Muda será sequestrada pelo peão nos próximos capítulos de "Pantanal". De acordo com o resumo divulgado pela Globo, Muda será forçada a entrar em um barco com Levi, que a ameaçará com uma Faca. Enquanto isso, na fazenda de José Leôncio, Filó e Irma se preocuparão com o sumiço da jovem.

Ao encontrar com Juma, Levi ameaça matar Muda caso a filha de Maria Marruá não devolva sua arma. Sem medo de enfrentar o peão, Jura atirará no braço de Levi e conseguirá salvar a amiga.

Tentativa de estupro

Muito se falou até aqui sobre a facada de Levi (Leandro Lima) em Tibério (Guito), mas pouco se discutiu o que levou os dois personagens a brigarem em "Pantanal". O embate começou quando Tibério flagrou Levi tentando estuprar Muda (Bella Campos). A jovem já havia deixado claro que não queria transar com o peão. Ainda assim, ele não parou de insistir e chegou a usar a força para intimidá-la.

Mesmo saindo ferido, Tibério conseguiu salvar a amada. O problema é que, depois disso, apenas Irma (Camila Morgado) e Joventino (Jesuíta Barbosa) insistiram para Muda denunciar Levi por tentativa de estupro. Os outros personagens acharam melhor deixar o criminoso amarrado para José Leôncio (Marcos Palmeira) decidir sua pena. O peão acabou fugindo e não respondeu pelo seu ato.

Chamar atenção para o crime cometido por Levi é importante, pois o número de estupros registrados no Brasil cresceu 8% pós isolamento social. Em 2018, o país já registrava 180 estupros por dia, num total de 66.041 casos no ano todo, segundo o relatório do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Na trama, Muda vive em uma região afastada, sem muita informação e comunicação, o que dificulta a denúncia. Ela, Filó (Dira Paes) e Juma (Alanis Guillen) nem acreditam que podem ser ouvidas pelas autoridades. Embora estejamos falando de uma novela, infelizmente essa ainda é a realidade de muitas mulheres no Brasil. Precisamos fazer com que as informações corretas cheguem para todas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos