Você sabe quanto gasta por ano com a sua menstruação?

As mulheres gastam muito dinheiro com a menstruação ao longo da vida [Foto: Getty]

Ser mulher é difícil. Muito difícil.

Nós não apenas precisamos lidar com flutuações hormonais e problemas na pele, mas a maioria das mulheres precisa enfrentar um fluxo de sangue saindo de seus corpos, uma vez por mês.

Pior que isso, é que muitas não se dão conta de quanto dinheiro gastam com esses períodos.

Um levantamento realizado no Reino Unido concluiu que a menstruação faz com que as mulheres britânicas gastem mais de £18 mil (cerca de R$ 80 mil) com produtos, ao longo de suas vidas.

“Como você pode imaginar, é difícil dizer exatamente quanto uma pessoa gasta com produtos de higiene durante um ano,” disse Traci Baxter, gestora de marketing da Bodyform, ao Yahoo Style UK. “Variáveis como a duração do período menstrual, a intensidade do fluxo, o tipo de produto usado e onde são comprados, podem contribuir para as flutuações no custo”.

E não são apenas os absorventes. Precisamos de paracetamol quando as cólicas ficam intensas demais, de doces e chocolates para nos sentirmos melhor, e de roupas íntimas novas quando sofremos com acidentais vazamentos.

Sem mencionar as bolsinhas especiais que algumas mulheres se sentem obrigadas a comprar para esconder seus produtos dos olhares de reprovação dos colegas no escritório.

Mulheres fizeram passeata em Westminster, na noite de quarta-feira, pedindo produtos gratuitos para a menstruação [Foto: Getty]

Por este motivo, centenas de adolescentes e mulheres adultas protestaram em Westminster na noite da última quarta-feira. Liderado por Amika George, de 18 anos, o protesto #FreePeriods tem como objetivo convencer Theresa May a fornecer produtos de higiene gratuitamente a mulheres de todo o país.

De acordo com a Plan International UK, uma em cada 10 meninas não tem condições de comprar absorventes externos e internos. Não é difícil perceber que precisamos lutar contra esta estatística.

A estimativa de £18.450 gastos por cada mulher britânica parece absurda, mas detalhamos a seguir qual é a contribuição de cada fator para chegar a este total.

As mulheres costumam usar diversos produtos na menstruação, incluindo absorventes externos, internos e coletores menstruais.

Vamos começar com os absorventes internos. Atualmente, no Reino Unido, uma caixa com 20 deles custa £2,90. As mulheres usam, em média, 22 absorventes por ciclo menstrual, mas manteremos o preço da caixa com 20 unidades.

A BBC lembra que as mulheres também gastam £8 por mês em roupas íntimas novas, já que acidentes com a menstruação são responsáveis por arruinar diversas calcinhas.

Você provavelmente também vai precisar comprar paracetamol para a cólica, nos piores dias. Uma cartela com 16 comprimidos no supermercado Tesco custa £0,30, então vamos considerar £0,60 por duas cartelas.

Também precisamos lembrar de todos os alimentos pouco saudáveis que você inevitavelmente vai comer. A calculadora menstrual da BBC estima que o custo destes doces e chocolates seja de £8,50 por mês.

Finalmente, há outras coisas relacionadas à menstruação, como revistas e bolsas de água quente, que você pode comprar para se sentir um pouco melhor, somando outros £7 por mês.

O valor total é de £27 por ciclo menstrual. As mulheres costumam menstruar 13 vezes por ano, fazendo com que o custo total seja de £351 (R$1.560) por ano (ou um pouco menos se você usar absorventes externos em vez das versões internas).

O custo da sua menstruação envolve diversos aspectos, de absorventes ao paracetamol [Foto: Getty]

É claro que não estamos contando todas as caixas extras de absorventes que você compra porque esqueceu que já tinha algumas em casa. Ou os produtos de beleza que você também compra quando surgem algumas espinhas. Ou até o dinheiro perdido quando você precisa tirar um dia de folga do trabalho e não recebe por isso.

O assustador é que cada mulher menstrua, em média, 450 vezes ao longo da vida, o que nos leva a um total de £12.150.

Com este valor, certamente seria possível fazer algumas viagens de férias ou dar de entrada para comprar sua primeira casa.

Se você usa algum tipo de contraceptivo, suas menstruações podem ser constantes ou inexistentes, então este número varia muito de pessoa para pessoa.

O que fica claro é que as mulheres precisam gastar muito dinheiro simplesmente por serem mulheres.

“Este é, naturalmente, um tema pelo qual somos apaixonados,” disse uma porta-voz da Tampax ao Yahoo Style UK. “O preço é uma decisão dos varejistas, já que eles definem o valor final do nosso produto que as compradoras veem nas prateleiras. No entanto, sabemos que no Reino Unido e outros lugares do mundo, há mulheres que não conseguem arcar com este custo, e sabemos que esta é uma questão que precisa ser resolvida”.

O coletor menstrual e toalhas absorventes reutilizáveis podem ser ótimas alternativas aos absorventes comuns [Foto: Getty]

Se você está com dificuldade de arcar com os altos custos dos ciclos menstruais e busca uma alternativa mais barata, existem algumas opções.

Os toalhas absorventes reutilizáveis podem parecer caros, no primeiro momento, mas duram até cinco anos, se forem higienizados corretamente. A Thinx oferece calcinhas especiais para a menstruação, que eliminam a necessidade de usar outros produtos. Elas são capazes de reter uma quantidade de sangue equivalente à de dois absorventes internos, e podem ser reutilizadas.

O Mooncup é o coletor menstrual original. Mesmo com os comentários positivos, você pode ficar um pouco apreensiva por precisar virar seu próprio sangue no vaso sanitário, mas esta é uma ótima opção se seu fluxo é intenso. Ele retém três vezes mais sangue do que um absorvente interno convencional, e dura anos.

“Como fabricante, nós apreciamos os esforços para tornar os produtos de higiene feminina mais acessíveis para mais mulheres, principalmente para aquelas que mais precisam,” acrescenta a porta-voz da Tampax. “No Reino Unido, a P&G [controladora da Tampax] trabalha com a InKind Direct para doar diversos produtos – incluindo Tampax e Always – a centenas de organizações de caridade”.

“Sabemos que nossos produtos podem ajudar a restaurar a autoestima e autoconfiança, por isso oferecemos apoio e doações a instituições que trabalham com refugiados e pessoas sem-teto, para que possam ser distribuídos onde são mais necessários. Nós sabemos que isso não oferece uma solução a todas as mulheres britânicas que não conseguem comprar itens de higiene feminina todo mês, mas é um começo, e nós continuaremos a trabalhar para melhorar as comunidades no Reino Unido e em todo o mundo”.

“Sabemos que ser capaz de comprar e ter acesso a itens essenciais de higiene é uma questão crescente no Reino Unido,” concorda Traci Baxter, da Bodyform. “Esta é a razão pela qual a Bodyform prometeu doar mais de 200.000 pacotes de produtos de higiene pessoal até 2020, para ajudar aqueles que mais precisam. Doações também estão sendo feitas em escolas que ministram aulas educacionais gratuitas #AboutBloodyTime, da Bodyform e do The Self Esteem Team, criadas para acabar com os tabus que envolvem a menstruação, incluindo as dificuldades financeiras. Ao fazer isso, esperamos conseguir aumentar o acesso a estes produtos fundamentais”.

Atualmente não há uma forma de obter produtos de higiene feminina gratuitamente no Reino Unido. É possível doar absorventes e outros itens a abrigos locais, para quem não consegue comprar os seus próprios.

Você também pode assinar a petição de Amika George para oferecer produtos relacionados à menstruação gratuitamente em escolas e universidades a meninas e mulheres que precisem.

Lauren Sharkey