Vocalista do Aerosmith é acusado de abuso sexual de menor de idade, diz revista

Steven Tyler não é nomeado na ação, mas documentos da acusação citam trechos do livro de memórias do artista

Steven Tyler no GBK Brand Bar Back Stage durante o Rock & Roll Hall of Fame em 4 de novembro de 2022 em Los Angeles, Califórnia. (Foto: Tiffany Rose/Getty Images)
Steven Tyler no GBK Brand Bar Back Stage durante o Rock & Roll Hall of Fame em 4 de novembro de 2022 em Los Angeles, Califórnia. (Foto: Tiffany Rose/Getty Images)

Steven Tyler, vocalista da banda Aerosmith, está sendo acusado de agredir sexualmente uma menor de idade nos anos 1970, em um novo processo feito pela ex-namorada, Julia Holcomb. De acordo com a revista "Rolling Stone", a denúncia não menciona o nome do artista, mas a ação cita passagens do livro de memórias do cantor.

O processo, que também acusa o músico de 74 anos de agressão sexual e de imposição intencional de sofrimento emocional, foi registrado seguindo a legislação da Califórnia. Recentemente, o estado norte-americano suspendeu temporariamente a prescrição em acusações de abusos sexuais na infância.

Segundo o processo, Julia tinha apenas 16 anos quando Tyler, de 25, convenceu sua mãe a colocá-la sob sua tutela, o que permitiu que os dois morassem juntos e se envolvessem em uma relação sexual. Eles ainda teriam vivido um relacionamento por mais de três anos.

A reportagem informa que Holcomb teria acompanhado o artista em turnês e ele teria fornecido drogas e álcool para a menor de idade. Durante o envolvimento dos dois, que aconteceu de 1973 e 1976, a jovem diz ainda que ficou grávida do vocalista em 1975, quando tinha 17 anos.

A vítima relata que Steven insistiu para que ela realizasse um aborto, mas ficou hesitante sobre o procedimento. Julia ainda afirma que Tyler ameaçou parar de pagar suas contas caso ela seguisse com a gestação.

Essa não é a primeira vez que Holcomb fala publicamente sobre as acusações contra Steven Tyler. Em 2011, ela comentou sobre o caso em conversa com o site de extrema-direita contra o aborto, o "Lifesitenews", e fez um relato sobre passar pelo procedimento doloroso aos 17 anos para o documentário "Look Away", de 2021. Até o momento, os representantes do vocalista da banda Aerosmith ainda não se pronunciaram sobre as acusações.