Viviane Ferreira será a nova diretora-presidente da Spcine

MÔNICA BERGAMO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cineasta e advogada Viviane Ferreira será a nova diretora-presidente da Spcine, agência paulistana de fomento ao cinema​. Ela entra no lugar da cineasta Laís Bodanzky, que estava no cargo desde fevereiro de 2019. Segundo post do secretário de Cultura Municipal de SP, Alê Youssef, Laís já havia se comprometido a ocupar o cargo por somente dois anos. “Com orientação do prefeito Bruno Covas, iniciamos junto com a Laís um período de transição para uma nova gestão onde a palavra de ordem é continuidade”, escreveu Youssef. Ferreira, que é baiana radicada em São Paulo, dirigiu o longa-metragem "Um Dia Com Jerusa" (2020) e o documentário "Pessoas: Contar Para Viver" (2019). Seu curta "O Dia de Jerusa" (2014) esteve na seleção de festivais internacionais como de Cannes e de Roterdã. No ano passado, ela foi eleita presidente do Comitê Brasileiro de Seleção do Oscar 2021, da Academia Brasileira de Cinema e Artes Audiovisuais. Laís também publicou texto nas redes sociais anunciando sua saída. "Acredito que pude junto com a equipe Spcine (mega engajada!) deixar projetos consistentes de médio e longo prazo que irão contribuir ainda mais para o fortalecimento do setor audiovisual na cidade de São Paulo", escreveu. A cineasta é conhecida por filmes como “Bicho de Sete Cabeças” (2000), “As Melhores Coisas do Mundo” (2010) e “Como Nossos Pais” (2017).