Vitória Strada diz que se questionou ao se apaixonar por Marcella Rica: "Me joguei"

Vitória Strada no
Vitória Strada no "Conversa com Bial" (Reprodução Globo)

Convidada do "Conversa com Bial", Vitória Strada falou sobre seu relacionamento com Marcella Rica, que começou em 2019. A atriz explicou que a paixão foi avassaladora, e que sua única dúvida era como lidar com o fato de se apaixonar por uma mulher pela primeira vez.

"Nos demos bem desde o início. Acho que se não fosse um sentimento tão forte, talvez não tivesse acontecido, porque eu sempre fui uma pessoa ponderada, que não namora tanto, mas com a Marcella veio um sentimento com tanta força, que não tive dúvidas e me joguei", explicou ela.

Vencedora da edição mais recente do "Dança dos Famosos", Strada também falou sobre a intensidade da competição. "Quando entrei para dançar minha roupa caiu no primeiro segundo da apresentação. Eu dancei a coreografia inteira do início inventando algo que não existia. Quando terminou a apresentação do samba eu chorava e tentava não transparecer porque estava ao vivo".

Relacionamento intenso

Ahhh, o amor! Capa da revista Ela, Vitória Strada e Marcella Rica, que ficaram noivas no início de 2021, não poderiam estar mais felizes. À publicação, as duas garantiram que nunca viveram uma relação tão saudável — este é o terceiro relacionamento de Marcella com outra mulher, mas é o primeiro que ela expõe sem medo.

“Já vivi momentos de muita dor por causa disso. De estar na mesma festa que a minha namorada e não poder chegar perto”, relembra Marcella. “Foi muito libertador e agradeço muito a Vitória por ter me estimulado a ir nesse caminho. Até então eu não falava da minha vida amorosa, sempre fugia, era um tema nebuloso. Assumimos juntas. E isso muda tudo. Estou inteira em todos os momentos", completa.

Vitória, que nunca havia se envolvido com alguém do mesmo gênero, falou sobre a primeira vez em que ficaram: aconteceu no carro, na saída do evento em que se conheceram pessoalmente (até então, elas só haviam trocado mensagens e curtidas pelo Instagram). "Eu até cogitava beijar mulher. Mas não imaginava namorar uma. Beijei Marcella porque já estava apaixonada. Mas no começo ainda não conseguia identificar a diferença entre atração e amizade. Ela vinha de outros relacionamentos, eu estava descobrindo esse sentimento, tentando entender o que se passava. O beijo, o sexo, tudo veio como se fosse uma primeira vez, uma estreia, tipo perder a virgindade de novo”, contou.

O romance se tornou público depois de seis meses e as atrizes tiveram a coragem de Nanda Costa e Lan Lahn como principal inspiração. “Fico muito feliz toda vez que vejo outros casais falando abertamente, sem medos. Isso é um avanço. Há bem pouco tempo, não se via uma atriz assumidamente lésbica em capa de revista. Isso dá força para que venham outras. Quem fez isso antes de mim foi a Bruna [Linzmeyer]. Foi inspirador. Fico orgulhosa em saber que eu e a Lan também ajudamos a Marcella e a Vitória a assumirem o amor delas. Que esse movimento siga adiante”, comentou Nanda.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos