Vítima de xenofobia, Gkay inicia caça a haters: "Vai ter processo, torcendo para dar cadeia"

Géssica Kayane, mais conhecida como Gkay, é humorista, influencer e empresária. (Foto: Reprodução/Instagram @ gessicakayane)
Géssica Kayane, mais conhecida como Gkay, é humorista, influencer e empresária. (Foto: Reprodução/Instagram @ gessicakayane)

Da série: internet não é terra de ninguém! Na noite desta quarta-feira (27), Gkay usou as redes sociais para anunciar que está tentando rastrear o autor ou autora de um comentário ofensivo sobre seu sotaque no Twitter e que, se depender dela, o responsável vai parar na cadeia.

"Eu admito todo tipo de crítica​. D​o​ meu corpo, minha cara, meu cabelo. Mas coisa relacionada ​à​ minha origem, ao meu sotaque e ao meu ​Nordeste​, amor, ​vai ter processo​, torcendo para dar cadeia. Xenofobia é crime, tá? ​P​ode me esculhambar, mas não toque no meu ​Nordeste. Não admito​", disse ela.

A humorista, natural da Paraíba, expôs um print que dá a entender que a conta em questão foi desativada ou a bloqueou e avisou: "Não adianta usar fake, nem correr​, ​porque a gente já está rastreando o IP. Porque tem como fazer isso, viu, gente? Tem como rastrear bem bonitinho de onde a pessoa é. ​Nã​o​ cometeu crime? Agora, a gente vai atrás de vocês. ​Não adianta se esconder​."

Por fim, ela deixou claro que está disposta a processar mais haters. "Vamos parar com esse neg​ó​cio ​de ​'pessoas assim ​não ​merecem atenção'. ​M​erecem,​ sim. Racistas, ​xenofóbicos e ​homofóbicos​ têm que estar dentro da cadeia. Vamos dar atenção, si​m", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos