Viih Tube não consegue conter as lágrimas após sofrer ataques na web

"Esse texto faz parte de uma série de reportagens e artigos que tratam sobre o tema suicídio. Não comente, não compartilhe e não escreva posts ou comentários motivados pelo ódio ou que induzam ao suicídio.

Caso você seja vítima de bullying, ataque de ódio ou tenha pensamentos suicidas, o Centro de Valorização da Vida (CVV) pode ajudar: ligue 188 ou dirija-se ao posto de atendimento mais próximo. Existem voluntários disponíveis 24 horas por dia e treinados para lhe atender com respeito, anonimato e sigilo. Mesmo que você não tenha certeza se precisa de ajuda e precise simplesmente conversar ou ser ouvido, não hesite em entrar em contato com o CVV também por chat ou e-mail."

Viih Tube fez um longo desabafo em seus stories após receber mensagens de haters a respeito do vídeo que gravou sobre setembro amarelo e saúde mental. No material, a ex-BBB revelou que chegou a tentar se suicidar quanto tinha 16 anos após sofrer um cancelamento nas redes sociais.

Viih explicou que um site de notícias de celebridades repostou o vídeo, e que leu comentários horríveis dos internautas sobre ela.

Leia também:

"Tive um dia ótimo, gravei tanta coisa legal. Fiz terapia hoje, um dia bom. E às vezes eu perco um pouco a vontade de criar coisas diferentes, porque a internet anda difícil. Fazia tempo que eu não me machucava aqui, e aí hoje um site de fofocas falou algo super fofo sobre um vídeo que falei sobre isso. Mas os comentários... fazia muito tempo que não me afetava com hater. Fala do meu corpo, do que quiser, mas esse assunto de suicídio me machuca muito. Por isso cada vez sumo mais, as pessoas estão perdendo o rumo. Faz mais de dois anos que falo sobre saúde mental. Queria ajudar mais pessoas com isso, nesse mês de setembro amarelo fiz mais inclusive. Eu não sou de ferro", desabafou, chorando muito.

"As pessoas não têm noção do que elas fazem. Existem feridas que ainda doem muito. Tomem cuidado com o que vocês comentam", completou ela. No vídeo original, Viih afirmou que deixou de ter vontade de viver e não via mais sentido nas alegrias cotidianas. "Eu não sentia vontade de fazer nada, me sentia morta. Eu não comia, só dormia, me sentia sem chão, sem sentido. Não me conhecia mais. Achei que nunca fosse sair dessa situação, mas procurei ajuda e consegui".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos