"A Vida Invisível de Eurídice Gusmão" vai representar o Brasil na disputa pelo Oscar 2020

(Reuters) - A Academia Brasileira de Cinema escolheu nesta terça-feira o filme "A Vida Invisível de Eurídice Gusmão", do cineasta Karim Aïnouz, para representar o país na disputa por uma indicação ao Oscar 2020 na categoria melhor filme internacional.

"A Vida Invisível" venceu o principal prêmio da mostra Um Certo Olhar no festival de Cannes em maio e foi escolhido para tentar a vaga no Oscar dentre 12 filmes nacionais, incluindo "Bacurau", que também conquistou um prêmio em Cannes.

A seleção do filme foi feita por uma comissão escolhida pela Academia e presidida por Anna Muylaert, diretora de "Que Horas Ela Volta?", além de contar com outros grandes nomes do setor como o diretor de fotografia Walter Carvalho.

O Oscar anuncia seus indicados em 13 de janeiro de 2020 e a premiação ocorre no dia 9 de fevereiro. A última vez que o Brasil contou com um representante na categoria melhor filme estrangeiro foi em 1999 com "Central do Brasil", dirigido por Walter Salles.

(Por Peter Frontini)