'Viúva Negra' bate novo recorde de bilheteria dos tempos de covid-19

·2 minuto de leitura
Scarlett Johansson, vista nesta foto de arquivo de 22 de abril de 2019, é a protagonista de 'Viúva Negra'

O novo filme de super-heróis da Disney, "Viúva Negra", arrecadou cerca de US$ 80 milhões na América do Norte neste fim de semana de três dias, um recorde da era pandêmica, conforme o Universo Marvel segue atraindo o público, relatou o observador da indústria Exhibitor Relations neste domingo (11).

O filme, estrelado por Scarlett Johansson como a superespiã da S.H.I.E.L.D, arrecadou US$ 60 milhões adicionais em streaming no Disney Plus (US$ 29,99 para assinantes) e US$ 78 milhões internacionalmente, com um impressionante total global de US$ 218 milhões.

Segundo o Hollywood Reporter, é "sem precedentes" um estúdio anunciar seu total de streaming no fim de semana de estreia de um título. O filme ainda não estreou na China.

Muito atrás, em segundo lugar, estava o blockbuster de carros da Universal "Velozes e Furiosos", com US$ 10,9 milhões, menos da metade em relação ao último final de semana.

Ele tinha o recorde anterior dos tempos de pandemia, com uma abertura de US$ 70 milhões. Vin Diesel, Michelle Rodriguez e John Cena estrelam esta nona edição da famosa franquia.

A Universal também conquistou os próximos dois lugares no ranking de arrecadação de bilheteria.

Em terceiro, estava sua sequência animada "O Poderoso Chefinho 2: Negócios da Família", com US$ 8,7 milhões. A história sobre um astuto bebê conta com as vozes de Alec Baldwin, Eva Longoria, Jeff Goldblum e Lisa Kudrow.

O filme de terror "Uma Noite de Crime: A Fronteira", estrelado por Ana de la Reguera e Tenoch Huerta, ficou em quarto lugar, com US$ 6,7 milhões. O último episódio da série se passa novamente em um futuro próximo distópico, onde todos os crimes, até mesmo o assassinato, são legalizados um dia por ano.

E o quinto colocado "Um Lugar Silencioso: Parte 2", da Paramount, teve US$ 3 milhões, empurrando seu total doméstico para perto de US$ 150 milhões em sua sétima semana. John Krasinski dirigiu o filme de terror que tem a participação de sua esposa Emily Blunt.

Este fim de semana marcou a primeira vez, desde que a covid-19 tomou o mundo, que a bilheteria doméstica ultrapassou US$ 100 milhões. Ela atingiu US$ 116,8 milhões, 20% a mais que no final de semana passado.

Completando o top 10 estavam:

"Cruella" (US$ 2,2 milhões)

"Dupla Explosiva 2" (US$ 1,6 milhão)

"Pedro Coelho 2: O Fugitivo" (US$ 1,3 milhão)

"Em um Bairro de Nova York" (US$ 630 mil)

"Zola" (US$ 620 mil)

bbk/bgs/gf/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos