Viúva de Kobe Bryant ganha processo milionário por fotos de acidente que matou atleta e filha

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Viúva de Kobe Bryant, a empresária Vanessa Bryant ganhou o processo que movia contra o condado de Los Angeles, Estados Unidos, pelas fotos que foram tiradas do acidente que matou o ex-jogador de basquete. Ela vai receber US$ 16 milhões, cerca de R$ 81 milhões.

Segundo o site TMZ, um júri aceitou os argumentos de Vanessa e de Chris Chester, amigo da família que e perdeu a filha e esposa na queda de helicóptero. Os dois alegaram que têm medo que essas fotos venham a público um dia e que era inadmissível que funcionários públicos e agentes da lei tivessem tomado tal atitude. Vanessa, de acordo com o veículo, chorou ao ouvir o veredito.

Agentes do escritório do xerife, bem como bombeiros enviados ao local do acidente em janeiro de 2020, tiraram fotos do local, incluindo dos restos mutilados de Kobe Bryant e de sua filha de 13 anos, Gianna, também morta no acidente. No total, nove pessoas morreram na tragédia.

O julgamento civil em Los Angeles expôs como alguns membros das equipes dos primeiros socorristas mostraram fotos dos mortos, especialmente do ex-jogador dos Los Angeles Lakers, para pessoas não relacionadas ao caso. Em sua defesa, o condado da cidade americanas argumentou que as imagens nunca foram divulgadas e que seus funcionários de alto escalão se apressaram para excluí-las dos dispositivos eletrônicos dos agentes.