Viúva de Catra passou a estudar feminismo após traições: "Perdoei 27 vezes"

Em entrevista para o 'Barbacast', Silvia Catra, viúva do funkeiro, falou sobre o relacionamento complexo dos dois e que na época não era empoderada o suficiente para entender que não precisava perdoar as traições que sofria.

"Todo mundo me pergunta sobre isso. Eu achava que eu tinha que passar por aquilo, que o nosso amor ia dar certo. Não tinha entendimento das coisas, hoje estudo feminismo e tenho consciência sobre relacionamentos abusivos. Eu achava que tinha que viver todo mundo junto, e eu gostava dele", revelou.

Leia também:

Silvia explicou que perdoou o funkeiro 27 vezes, e que achava que era o procedimento correto na época. "Quando você ama, você perdoa, era isso. A pessoa que abusa do nosso perdão, eu perdoei 27 vezes", completou. Catra morreu há três anos, após um câncer súbito no intestino.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos