Vestido icônico de Jennifer Lopez vira caso de Justiça nos EUA

O icônico vestido de Jennifer Lopez no Grammy de 2000 (Foto: SGranitz/Kirby Lee/WireImage)

O vestido que Jennifer Lopez usou no Grammy de 2000 entrou para a história dos tapetes vermelhos: a peça da Versace que a artista chamou atenção na época pelo decote poderoso e transparência. Quase 20 anos depois o item icônico virou assunto novamente: ele se tornou caso de Justiça nos Estados Unidos.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

De acordo com o ‘TMZ', a grife italiana está processando a Fashion Nova, uma marca de fast fashion, por copiar o vestido da cantora. A maison alega que a empresa é uma “infratora em série especializada em imitações”. A Fashion Nova vende a cópia da peça desde 2013.

Leia também

A versão fake chama-se ‘Love Don't Cost a Thing’, nome inspirado em uma música de J-Lo, e era vendida por US$ 69 (quase R$ 300).

A peça plagiada pela Fashion Nova era vendida por cerca de R$ 300 no site da marca (Foto: Reprodução/Fashion Nova)

Os funcionários da Versace alegam à publicação que Fashion Nova ignorou um aviso da grife sobre a questão em julho e eles não tiveram outra escolha a não ser processar a marca por todos os lucros das réplicas do vestido.