Versão mais poderosa de Magneto se fundiu com Wolverine; relembre

·2 min de leitura

Se Magneto e Wolverine separados já aprontam, imagine juntos. Não, não estamos falando de nenhum comercial de TV da Sessão da Tarde, mas de um momento do multiverso Marvel — na Terra-127, para ser mais exato — em que os dois mutantes se mesclaram, e com resultados poderosos.

Em Exiles nº 85 e 86, revista de 2006 escrita por Tony Bedard e Paul Pelletier, um grupo de Wolverines de vários universos diferentes se reuniram para parar uma ameaça do multiverso. As versões do grupo incluem um Wolverine de Zumbis Marvel, o do projeto Arma X, o de Dias de um Futuro Esquecido, a versão Caolho e o jovem James Howlett.

A missão deles é derrubar uma versão de Magneto que se fundiu com outra versão de Wolverine e outros mutantes, como uma Mercúrio feminina e um Mesmero alternativo. Este personagem, chamado Irmão Mutante, tornou-se quase imbatível. O responsável por isso foi uma versão masculina da Feiticeira Escarlate, que por um erro do feitiço também acabou combinado a eles.

(Imagem: Reprodução/Marvel)
(Imagem: Reprodução/Marvel)

Esta variante mais poderosa de Magneto tinha também todos os poderes combinados dos cinco mutantes, incluindo o esqueleto de adamantium do X-Man. Ele começou a impor seu grande poder ao multiverso, e por isso os diversos Wolverines foram convocados para detê-lo. No fim, conseguiram enfraquecê-lo com um ataque do Logan do futuro seguido de uma série de golpes das garras de ossos de James Howlett.

Apesar de sua participação na Marvel ter sido bem curta, em apenas duas edições, o Irmão Mutante deixou uma grande marca no multiverso da editora. Além de nos lembrar que, por mais poderoso que seja um super-herói ou supervilão, os roteiristas sempre acham uma forma de aumentar suas capacidades a níveis divinos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos