Deolane Bezerra rebate multa de R$ 37 mil de condomínio: 'Vão ter que me aguentar'

Deolane Bezerra recebeu multa de R$ 37 mil do condomínio onde mora em São Paulo (Foto: Agnews)
Deolane Bezerra recebeu multa de R$ 37 mil do condomínio onde mora em São Paulo (Foto: Agnews)

Resumo da Notícia:

  • Condomínio de luxo multou Deolane Bezerra em R$ 37 mil

  • Advogada recorreu da cobrança, mas continua tendo problemas

  • Influenciadora disse que sofre preconceito

Deolane Bezerra contou que recebeu multa de R$ 37 mil do condomínio onde mora em São Paulo após denunciar preconceito. A advogada afirmou que vizinhos a discriminam por sua origem humilde e fez um vídeo falando sobre o assunto.

Nas imagens, aparecem tetos das casas dos demais condôminos, e por isso Deolane recebeu a multa. "Me deram uma multa de R$ 37 mil por causa do clipe que eu gravei na minha casa, que mostra o teto das casas dos outros", disse em entrevista ao podcast Pod Delas

A influenciadora explicou que a cobrança é indevida. "A primeira multa não pode ultrapassar o valor de cinco condomínios", falou a viúva de MC Kevin.

Entenda briga de Deolane Bezerra com vizinhos

Deolane Bezerra aluga uma casa em um condomínio fechado de Alphaville, bairro nobre da Grande São Paulo, e tem um imóvel em construção no mesmo local. Recentemente, a influenciadora denunciou que estava sofrendo preconceito, porque condôminos a mandavam voltar para a favela. Indignada, ela falou sobre isso nas redes sociais, e os vizinhos viram.

"Eles me deram uma multa de R$ 37 mil porque eu gravei lá na minha casa e apareceu o teto da casa dos outros. Não pode. Eles deveriam notificar [antes]", se defendeu.

Deolane recorreu da multa, mas relatou que ela e a família estão sendo impedidas de frequentar as áreas comuns do local, porque o valor não foi pago. "Meu filho foi impedido de usar a academia. Se isso acontecer de novo, vou entrar com um processo", prometeu.

Por meio de uma amiga, a advogada descobriu o que os vizinhos falavam mal dela no grupo de WhatsApp do condomínio. "Eles vão ter que me aguentar. Falaram: 'O pior é que ela comprou um terreno aqui e está construindo. Não é de passagem'. É igual dipirona, ou engole, ou vomita", disparou.