Valesca Popozuda comemora aniversário no Rock in Rio e fala de série sobre feminicídio

Valesca Popozuda comemora aniversário no Rock in Rio. Foto: Graça Paes/Agnews

Por Ana Cora Lima

Valesca Popozuda falou sobre a sua experiência no campo da atuação na série "Onde está Mariana?”, produzida por Cleo e que fala sobre feminicídio. Acompanhada do filho Pablo, a cantora aproveitou o último dia do Rock in Rio 2019.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

" A repercussão já tem sido bem legal e eu estou muito feliz com essa experiência. Eu sofri violência doméstica. Eu me calei, minha mãe também e quantas mulheres já se calaram. Tudo tem que ser falado cada vez mais", explica Valesca, que estranha a surpresa das pessoas ao saber que ela já foi vitima de um homem.

Leia também

"As pessoas que assistiram ao episódio me questionam: ‘Como você, uma mulher tão forte, já passou por isso?’ Não imaginavam, mas acontece. Ninguém está livre. Eu dei um basta”.

Valesca Popozuda e o filho Pablo na última noite do Rock in Rio. Foto: Rogério Fidalgo/Agnews

Valesca assume que, mesmo em lugares considerados ‘points’ de azaração, quase não é cantada. "Geralmente, eu tomo a iniciativa de paquerar mesmo. Comigo os homens talvez tenham medo de se aproximar", brincou. “Hoje eu não vim na maldade, mas se rolar, rolou. O meu filho veio comigo, mas não liga. É de boa", conta.

Valesca comemorou seus 41 anos em pleno Rock in Rio ."Não muda nada. É como se eu estivesse com 20 anos. Sou muito bem resolvida, a idade está na mente. Me amo até mais do que aos 20 anos. Sou mais madura e bem resolvida”.